quinta-feira, 21 de maio de 2015

Neoliberalismo


O que é Neoliberalismo:


Neoliberalismo é uma redefinição do liberalismo clássico, influenciado pelas teorias econômicas neoclássicas e é entendido como um produto do liberalismo econômico clássico.

O neoliberalismo pode ser uma corrente de pensamento e uma ideologia, ou seja, uma forma de ver e julgar o mundo social ou um movimento intelectual organizado, que realiza reuniões, conferências e congressos.

Esta teoria, que foi baseada no liberalismo, nasceu nos Estados Unidos da América e teve como alguns dos seus principais defensores Friedrich A. Hayeck e Milton Friedman.

Na política, neoliberalismo é um conjunto de ideias políticas e econômicas capitalistas que defende a não participação do estado na economia, onde deve haver total liberdade de comércio, para garantir o crescimento econômico e o desenvolvimento social de um país. Os autores neoliberalistas afirmam que o estado é o principal responsável por anomalias no funcionamento do mercado livre, porque o seu grande tamanho e atividade constrangem os agentes econômicos privados.

O neoliberalismo defende a pouca intervenção do governo no mercado de trabalho, a política de privatização de empresas estatais, a livre circulação de capitais internacionais e ênfase na globalização, a abertura da economia para a entrada de multinacionais, a adoção de medidas contra o protecionismo econômico, a diminuição dos impostos e tributos excessivos etc. Esta teoria econômica propunha a utilização de a implementação de políticas de oferta para aumentar a produtividade. Também indicavam uma forma essencial para melhorar a economia local e global era reduzir os preços e os salários.

Neoliberalismo no Brasil:

No Brasil, o Neoliberalismo começou a ser seguido de uma forma aberta nos dois governos consecutivos do presidente Fernando Henrique Cardoso. Neste caso, seguir o neoliberalismo foi sinônimo de privatização de várias empresas do Estado. O dinheiro conseguido com essas privatizações foi na sua maioria utilizado para manter a cotação do Real (uma nova moeda na altura) ao nível do dólar.

A estratégia de privatização encorajada por ideais neoliberais não foi seguida por todos os países. Ao contrário do Brasil, a China e Índia (países que têm mostrado um crescimento enorme nas últimas décadas) adotaram tais medidas de forma restrita e gradativa. Nesses países, o investimento de grupos econômicos foram feitos em parceria com empresas nacionais.

Neoliberalismo e globalização:


Os conceitos de neoliberalismo e globalização estão ligados porque o neoliberalismo surgiu graças à globalização, e mais concretamente à globalização da economia. Depois da Segunda Guerra Mundial, o aumento do consumo e o avanço da tecnologia da produção lideraram a sociedade para o consumismo.

Essa sociedade consumista fomentou a globalização da economia, para que os capitais, serviços e produtos pudessem fluir para todo o mundo, um claro pensamento neoliberal. Desta forma, o neoliberalismo abriu a liberdade econômica ordenada pelo mercado, sendo que em algumas ocasiões o Estado tem que intervir em algumas negociações para evitar desequilíbrios financeiros.

Apesar disso, a doutrina neoliberal visa que a economia e política atuem de forma independente uma da outra, e por isso não aprecia quando há uma intervenção política na economia.

Neoliberalismo e educação:


O neoliberalismo vê a educação de forma específica, e estes são alguns itens fulcrais na área da educação: qualidade total, modernização da escola, adequação do ensino à competitividade do mercado internacional, nova vocacionalização, incorporação das técnicas e linguagens da informática e da comunicação, abertura da universidade aos financiamentos empresariais, pesquisas práticas, utilitárias, produtividade.

É importante que de acordo com a vertente neoliberal, a educação não é incluída no campo social e político, passando a ser integrada no mercado. Assim, alguns dos problemas econômicos, sociais, culturais e políticos abordados pela educação são muitas vezes transformados em problemas administrativos e técnicos. Uma escola modelo deve conseguir competir no mercado. O aluno passa a ser um mero consumidor do ensino, enquanto o professor fica conhecido como um funcionário treinado para capacitar os seus alunos a se integrarem no mercado de trabalho.

225 comentários:

  1. O tempo de vigência do neoliberalismo permite ver o que é teoria e o que é a prática.

    Fosse uma idéia nova e poderia sucitar controvérsias. Mas, não. Já existe uma história de quase um século de aplicação dos conceitos neoliberais. Assim como os resultados deles decorrentes.

    Os resultados práticos visíveis da transformação da economia em sujeito das ações são inequívocos: desequilíbrios econômicos e sociais. É o que acontece sempre quando uma ciência humana deixa de levar em conta o ser humano e transforma a atividade em uma ação meramente técnica.

    ResponderExcluir
  2. Liberalismo é uma utopia. Só existiria no mundo real se não existissem monopólios, monopsônios, oligopólios, oligopsônios e interferência dos grandes grupos econômicos nas decisões de governo. E ainda faltaria existir mercado perfeito.

    ResponderExcluir
  3. // é um conjunto de ideias políticas e econômicas capitalistas que defende a não participação do estado na economia, onde deve haver total liberdade de comércio, para garantir o crescimento econômico e o desenvolvimento social de um país.
    ...
    defende a pouca intervenção do governo no mercado de trabalho, a política de privatização de empresas estatais, a livre circulação de capitais internacionais e ênfase na globalização, a abertura da economia para a entrada de multinacionais, a adoção de medidas contra o protecionismo econômico, a diminuição dos impostos e tributos excessivos etc//

    Alguém poderia me apontar alguns países que se aproximem de fazer tudo isso que acabo de citar do texto e que NÃO tenha um Alto IDH e Crescimento sustentável?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriano, voce sempre vem com esta conversa de IDH. Eu digo a voce o seguinte : Todos os paises que tem IDH elevado já eram paises ricos e com nivel social mais adiantado do planeta. Agora me diga o seguinte : Qual o país pobre , digamos depois da 2 guerra, ou seja 1945 que ficou com IDH elevado com o capitalismo?

      Excluir
    2. As pessoas ficam falando do Chile mas não tem conhecimento do que é o Chile. Então vam,os lá : O PIB do Chile é da ordem de 300 bilhões ou seja, uma merreca igual ao PIB da cidade de Ribeirão Preto no Brasil. O Chile por ser uma tripa territorial e que tem 1/3 de seu territotio de deserto (atacama) e outro 1/3 de montalhas (cordilheira dos Andes. O Chile tem umas 3 cidades razoaveis e o resto são povoados que vivem de agricultura rudimentar.

      Excluir
    3. Eu não venho com essa conversa... eu provo na prática.
      Me Desculpe se suas ideias não correspondem aos fatos Carlos.
      E cada hora você tenta uma nova investida para justificar a incoerência das suas ideias com a realidade que te mostro.
      Faz assim... veja quais países sempre foram espetaculares como vc está tentando dizer e nos mostre que sua teoria é válida

      Excluir
    4. Fora isto tudo, o Chile está atravessando grandes problemas econômicos (divida astronômica para o seu PIB) e manifestações de rua são coisas constantes. Este é o Chile que serve de referencia? Então tá danado.

      Excluir
  4. O primeiro trecho já está errado, na verdade neoliberalismo é um conjunto de teorias econômicas, que quase todo o governo utiliza em maior ou menor quantidade.

    Achar que neoliberalismo é a redefinição do liberalismo clássico é uma burrice gigantesca, ele não sabe do que ele está falando.

    ResponderExcluir
  5. Na prática basta comprar Cuba (socialista) com o Chile e ver quais os resultados reais.

    ResponderExcluir
  6. Engraçado que depois que a esquerda assumiu o Chile e começou a implementar suas teorias mirabolantes o Chile começou a cair. Que engraçado né!

    ResponderExcluir
  7. Chile - IDH 41 - Liberdade Econômica - 7
    Brasil - IDH 79 - Liberdade Econômica - 118

    Ganhei mais uma, próximo por favor.

    ResponderExcluir
  8. Minha lista "antiga" de 2014... já tivemos algumas mudanças, como o Brasil que caiu em tudo. Mas acho que pode te ajudar a provar sua teoria Carlos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, o Chile é somente uma merdinha de país que vive de doar aquilo que tem : o COBRE. Fora isto, sua grande receita são as viniculas, todas pertencentes a países europeus. O Chile não tem vida própria porque nada tem e por isto depende se se entregar totalmente a países ricos. Mas mesmo assim, o Chile ainda continua uma BOSTA. Muda pra lá então cara. É pertinho, dá para ir até de carro.

      Excluir
    2. Mas o Chile o assunto aqui? Vc que usou o Chile com sendo o mal exemplo (embora era bom até a esquerda assumir).
      Quem está dizendo que o Chile é um lixo é você. O IDH deles não diz bem isso. Sabe... se não tem o que falar de concreto... poesia do silêncio.

      Excluir
    3. Adriano, então para não brigar, me diga qual outro pais pobre que ficou rico? Toda a America latina está na merda. O Mexico que tem índices melhores que o Brasil é onde se vê o maior numero de miseráveis e uma violência sem igual. A America latina que sempre viveu sob cabresto dos liberais americanos está e sempre esteve na merda com governos pro liberais. Até a Venezuela que outrora era bairro dos EUA, a miséria era estrondosa e por isto houve a revolução socialista de Chaves.

      Excluir
    4. Outro detalhe : governo brasileiro que mais ajudou dentro do liberalismo foi o de FHC e justamente em seu governo é que apresentou no Brasil os maiores índices de miséria humana. O que você diz do governo liberal de FHC? Um sucesso?

      Excluir
  9. Adriano Fernandes, já que você citou o IDH como parâmetro para definir que o liberalismo é um sucesso, nos demonstre agora para estes mesmos países qual a % da população que consegue desfrutar desse IDH, mas só vale países notadamente liberais, a Noruega que está em 1o lugar é marcada por forte intervenção estatal, não vale.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wiliam SJ... //O Índice de Desenvolvimento Humano é uma medida comparativa de riqueza, alfabetização, educação, esperança de vida, natalidade e outros fatores para os diversos países do mundo. É uma maneira padronizada de avaliação e medida do bem-estar de uma população, especialmente bem-estar infantil.//

      Excluir
  10. Excelente Dagmar Vulpi Emoticon smile
    Vou compartilhar Emoticon like

    ResponderExcluir
  11. Eu fiz uma pergunta lá em cima sobre o que o texto diz como sendo a forma de ser """NeoLiberal"""". Se vc não te uma resposta, cala-te.
    Mas não... vc primeiro disse que já eram ricos. Ai se você olha a lista comparativa descobre que não, não eram ricos. Ainda mais depois da 2ª guerra. Alguns forma destruídos pela guerra e outros destruídos pelo socialismo.
    Ai fala do Chile, que o Chile é um lixo. Mas os números do Chile são muito melhores que do Brasil por exemplo.
    Ai fala que a Venezuela tinha miséria antes... pelo jeito fica claro que vc diz que agora a Venezuela é melhor que antes.
    Desculpa mas além de confuso ou você deve ser desinformado. Ou tem outra coisa ai no meio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FHC implantou o que o Texto do Tópico fala? Sério? Onde? Me leva para esse Brasil que eu quero conhecer. Me leva.
      Vou te ajudar e repetir o que eu destaquei do texto.

      //// é um conjunto de ideias políticas e econômicas capitalistas que defende a não participação do estado na economia, onde deve haver total liberdade de comércio, para garantir o crescimento econômico e o desenvolvimento social de um país.
      ...
      defende a pouca intervenção do governo no mercado de trabalho, a política de privatização de empresas estatais, a livre circulação de capitais internacionais e ênfase na globalização, a abertura da economia para a entrada de multinacionais, a adoção de medidas contra o protecionismo econômico, a diminuição dos impostos e tributos excessivos etc///

      FHC fez tudo isso? Foi mesmo? Me mostra onde.

      Lembre-se, um carro que não tem motor, caixa de marcha, freio, bancos, volante... de longe ele tem aparência de carro... mas ele não serve como carro. Para se um carro mesmo, ele precisa que tenha tudo isso e em seus devidos lugares. Entendeu?

      Excluir
  12. Delfim Neto tem uma boa definição para as pessoas que só enxergam números e não vêem o óbvio da realidade: Cabeças de Planilha.

    E não adiante demonstrar que estão errados....

    ResponderExcluir
  13. Adriano Fernandes, com todo respeito, aprendi um pouquinho sobre IDH na faculdade de economia, a minha pergunta foi outra a qual você não entendeu. IDH é uma média e medir o sucesso econômico-social de uma região por ele é tão real quanto dizer que o melhor lugar do mundo para se sobreviver são os EUA ou a China por terem os maiores PIBs. A professora Maria da Conceição Tavares sabiamente disse que a população não come PIB, transportando isso para o IDH a questão é saber dos países notadamente de livre mercado qual a % da população que consegue sentir esses efeitos ? Ou sendo mais simplório ainda, os EUA o grande sonho dourado de qualquer liberal aparece em 5o lugar no ranking do IDH, sem dúvida uma bela colocação, ao mesmo tempo 50 milhões de americanos são considerados miseráveis o que corresponde a 16% da sua população, portanto em que ponto devemos considerar que o liberalismo é um sucesso para a população ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando a planilha existe para prever a realidade... é complicado mesmo. Veja o caso dos economista Keynesianos como Diulma e Manteiga. São um desastres suas planilhas, seus planejamentos.
      Mas quando a planilha é uma mera representação do que é a realidade apenas tornando visível no papel o que temos na vida deles... serve para mostrar que aqueles que tem um discurso não sobrevivem a realidade.

      Excluir
    2. Wiliam SJ... Vou de trás para frente... a Maria da Conceição Tavares não é referencia porque ela falava mal do governo do PT até conseguir um cargo no governo ao lado do Mercadante. Ela não conta para nada e o argumento dela é pífio.

      Excluir
    3. Sobre a China sua Liberdade econômica é 139 e seu IDH 91.
      Mesmo tendo um PIB gigante e um crescimento fora do normal.

      Excluir
    4. o IDH é uma medida que abrange de forma objetiva uma nação... e não parte dela. Justamente por isso que as variáveis são percebidas de diferentes formas em cada nível da sociedade e tratadas com pesos diferentes para justamente minimizar os defeitos.

      Excluir
    5. Deixa eu dar um pitaco nessa discussão entre o Adriano Fernandes e o Carlos Mourão, o neoliberalismo surge no final da década de 70 e década de 80 tendo como expoente a escola de Chicago e essencialmente o maior economista liberal desde Adam Smith, Milton Friedman. No Brasil, a estrutura das ideias neoliberais surgem no governo FHC quando este indica ministros que na década de 80 haviam estudado em Chicago, dizer que o Brasil aplicou 100% o neoliberalismo não é verdade até porque esbarrava juridicamente na CF/88 que em sua essência alude para o estado de bem estar social keynesiano, mas os economistas tucanos foram alunos aplicados e introduziram o esqueleto neoliberal e toda a sua consequência de curto prazo, juros, desemprego, arrocho e miséria.

      Excluir
    6. Adriano, vocês distorcem muito a realidade. Dizer que a Suécia, Noruega, Dinamarca e Islândia, entre outros, praticam o liberalismo é um exagero e tanto.

      Excluir
    7. Qual é o Nível de miseráveis no EUA? Qual é o parâmetro para dizer que a pessoa é miserável? U$77,00 como aqui no Brasil?
      Outra, nos EUA são 16% e aqui no Brasil mais de 25% recebe Bolsa Familia.

      Excluir
    8. Livre iniciativa, por si só, não implica em liberalismo

      Excluir
    9. Celio De Jesus Ribeiro... estude aqui e depois conversamos ok
      http://www.heritage.org/index/ranking

      Excluir
    10. Adriano Fernandes, diga-me qual o cargo que a Maria da Conceição Tavares ocupa no PT, desconheço, essa até o PT desconhece. De qualquer forma, pergunto um país que possui 50 milhões de miseráveis pode se caracterizar como um exemplo de sucesso liberal ?

      Excluir
    11. Adriano, eu não estudo pela sua cartilha. E sei mais que isso.

      Excluir
    12. Notícia de 2003 e voc~e não sabia disso... uau heim
      http://www.advillage.com.br/.../maria_da_concei__o...

      Excluir
    13. Países com carga tributária de mais de 50% praticam o liberalismo? Explique para nós!

      Excluir
    14. Suécia, Dinamarca, Noruega e Islândia são exemplos típicos de estado de bem estar social. A sua trajetória pós guerra caracteriza-se pela presença do estado na economia, pela reestatização de empresas privadas e pela alta carga tributária como forma de garantir a prestação de serviços públicos, como vimos nem um pouco liberal

      Excluir
    15. Celio De Jesus Ribeiro... o Heritage é o insituto especialista em Liberdade economica. Se vc sabe mais que eles e não sabe porque os países que vc citou estão ali... sugiro que estude mais um pouco.

      Excluir
    16. Adriano, sustentar comentários apenas a base de links sugere que você não tem poder de argumentação.

      Excluir
    17. Sustentar comentário com base apenas no que vc acha mostra que vc não quer aprender mas obrigar a aceitar o que vc pensa.
      Leia o que o Instituto especialista no caso diz sobre esses países. Simples!

      Excluir
    18. Liberdade econômica é uma característica do capitalismo, incluindo a social-democracia, sinônimo de bem estar social, que é o caso destes países. Para se enquadrar no liberalismo é necessário muito mais que liberdade econômica.

      Excluir
    19. Wiliam SJ... Veja sobre esses países no Heritage.. e vai entender um pouco melhor. A cartilha do MEC não é um bom parâmetro.

      Excluir
    20. Adriano Fernandes, você é melhor do que isso, eu também critico o governo e muito, a base do PT também critica o governo, tomar como fonte um site ??? tão isento quanto o Blog do Coronel para sustentar sua afirmação é patética, o outro ponto é Maria da Conceição Tavares não bate ponto, ela foi conselheira do Mercadante por um período assim como foi no governo Lula, Beluzzo e Delfim Neto, portanto não subestime a nossa inteligência

      Excluir
    21. O liberalismo chega a propor o fim do salário mínimo, da previdência social, etc.. E você vem dizer que os países escandinavos estão sob o liberalismo?

      Excluir
    22. Adriano, você tem o grande defeito de apelar demasiadamente para a falácia do apelo à autoridade. Além de aprender economia, você também deveria aprender sobre falácias.

      Excluir
    23. Hã? Faça uma pesquisa e me prove que estou errado Wiliam SJ. A Maria fi sim levada a assessora do Mercadante. Eu peguei o primeiro link que eu vi.. Ela mudou seu discurso
      Vc nem sabia disso... por favor, vc pode mais que isso além de ficar defendendo esse tipo de gente.

      Excluir
    24. Adriano Fernandes, só para entender você quer que eu tome como fonte, um instituto notoriamente liberal, isso mesmo ? Seria mais ou menos como alguém chegar e perguntar a você qual a melhor fonte para se informar a respeito do governo e você citar a Veja.

      Excluir
    25. Apelo a autoridade? Mas Celio De Jesus Ribeiro, você nem analisou os casos no Heritage para comentar. Você fez isso?
      Vc assumiu de ante não que sabia tudo e que ele nã sabiam nada.
      Mas vc nem abriu e tentou entender.
      criticar por criticar?? Por favor né.

      Excluir
    26. Não Wiliam SJ... eu quero que vc olhe e analise o que ele fala... e depois faça seus comentários.

      Excluir
    27. Adriano Fernandes, quem tem que provar é você, afinal você acusou. Qual o problema em criticar o governo, afinal ? Ser petista significa aceitar bovinamente os rumos do governo, Bresser é fundador do PSDB e hoje é um ferrenho crítico do partido, qual o problema nisso ?

      Excluir
    28. Wiliam SJ... a Maria da Conceição é o que vc quiser...

      Excluir
    29. Faz assim... olha aqui:
      http://www.heritage.org/index/country/switzerland

      Excluir
    30. e aqui...
      http://www.heritage.org/index/country/norway

      Excluir
    31. Adriano Fernandes, vamos trabalhar com fatos, as informações sócio-econômicas sobre os países enumerados pelo Celio De Jesus Ribeiro acima estão disponíveis facilmente na rede, de toda sorte, já enumerei as características: reestatização de empresas privadas, alta carga tributária e forte presença estatal na economia, qual dessas características é de um estado liberal, Adriano Fernandes ?

      Excluir
    32. Meu caro... eu já postei o estudo leva esses países a ter essa posição que tem no ranking de Liberdade Ecnomica. Veja você mesmo. Porque eles estão tão acima de outros países.

      Excluir
    33. Adriano Fernandes, eu sou mais modesto então resolvi compartilhar uma reportagem do Estadão http://economia.estadao.com.br/.../geral,noruega-o-pais...

      Excluir
  14. A melhor maneira de se enganar e enganar os demais é definir algo utilizando apenas um critério.

    A realidade vai além de um aspecto, assim como uma pessoa é muito mais do que apenas sua aparência física, por exemplo.

    Os estados unidos ocupavam o 4° lugar no IDH. Entretanto, atualmente, algumas estimativas dizem que cerca de 80% da população vive na linha da pobreza ou abaixo dela.

    Vc pode ter um IDH alto, de acordo com os critérios que ele é medido, mas se não levar em conta desemprego, crédito, salários, endividamento pessoal, etc, você terá apenas um retrato deformado que não reflete a realidade.

    ResponderExcluir
  15. Não existe um estado LIBERAL... existe um mais liberal do que outros. E o Heritage posiciona isso com base em estudo que pontuam cada país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dizer que 80% da população dos EUA vivem a linha da pobreza ou abaixo dela encerra a conversa antes de começar. Por favor, cuidado né. Isso é falta de atenção.

      Excluir
    2. Os critérios de IDH são os mesmos em todo mundo. E por incrível que pareça reflete bastante a realidade. Basta ver o ranking.

      Excluir
    3. Aliás Adriano Fernandes, já que você resolveu citar a Noruega, recorra a um dos "pensadores liberais" prediletos da geração revoltados on line, Rodrigo Constantino, e veja o que ele escreveu sobre a "socialista" Noruega e depois me conta se você continua com a mesma posição ou então quem está errado, a Heritage ou Rodrigo Constantino, ok ?
      3 h · Curtir

      Excluir
  16. http://www.cosif.com.br/publica.asp?arquivo=20141109pobreza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma das características das mentes simples é enxergarem os fatos por um único ponto de vista. Raciocínios complexos estão além da capacidade delas.

      Excluir
    2. Wiliam SJ... A Noruega tem 6milhões de habitantes(menos que cidades no Brasil)... "sentada" em cima de uma "fonte de Petróleo.
      Mas ainda sim:
      - conômica pontuação liberdade da Noruega é de 71,8, tornando a sua economia a mais livre 27 no Índice de 2015. Sua pontuação aumentou em 0,9 pontos desde o ano passado, com melhorias sólidas em seis das 10 liberdades económicas, incluindo a liberdade de trabalho, liberdade monetária, bem como a gestão da despesa pública, compensando um declínio na liberdade de corrupção. A Noruega está classificada em 15 de 43 países da região da Europa, e sua pontuação geral é bem acima do mundo e médias regionais.

      Melhorias no ambiente regulatório e liberdade de comércio têm causado econômica pontuação liberdade da Noruega para expandir em 1,1 pontos nos últimos cinco anos. A única queda foi nos gastos do governo como o governo respondeu ao baixo crescimento econômico com gastos adicionais.

      A melhoria gradual das 10 liberdades económicas têm sublinhado o desenvolvimento da Noruega de instituições fortes. Uma pequena economia aberta, a Noruega tem baixas barreiras à entrada de empresas estrangeiras e um regime de investimento que incentive a participação internacional. O ambiente de negócios está dando boas-vindas aos novos empresários, embora o código laboral continua rígido. Impostos altos e os gastos do governo são complementadas por maior fundo soberano do mundo. O regime de direitos de propriedade é o mundo o segundo melhor.

      - Noruega tem sido um membro da OTAN desde 1949. Os eleitores têm duas vezes rejeitou a adesão na União Europeia, mas a Noruega é parte de um acordo de Associação Europeia de Comércio Livre. O primeiro-ministro Erna Solberg do partido conservador foi eleito em setembro de 2013 para liderar uma nova coalizão de centro-direita governo minoritário. O governo de Solberg prometeu baixar os impostos, diminuir a dependência da produção de petróleo, aumentar o investimento em infra-estrutura e reduzir a imigração. A Noruega é um dos países mais prósperos do mundo. Pescas, metal e óleo são os produtos mais importantes. Noruega salva uma grande parte das suas receitas de petróleo do setor, inclusive a dividendos da Statoil parcialmente estatal e impostos de empresas de petróleo e gás que operam na Noruega, no seu Governo Pension Fund-Global.

      - Noruega está classificada em 5 de 177 países em 2013 Percepções de Corrupção da Transparência Internacional Índice. Medidas anticorrupção bem estabelecidas reforçar uma ênfase cultural na integridade do governo. O Judiciário é independente, e do sistema judicial funcionar equitativa nos níveis locais e nacionais. Direitos de propriedade privada estão bem protegidos, e contratos comerciais são aplicadas de forma confiável.

      -Taxa de imposto de renda individual superior da Noruega é de 47,8 por cento, e sua taxa de imposto sobre as sociedades é superior 27 por cento. Outros impostos incluem um imposto sobre o valor acrescentado, um imposto sobre o património líquido e impostos ambientais. A carga fiscal global é igual a 42,2 por cento da economia doméstica. As despesas públicas equivalente a 43,3 por cento da produção nacional, e da dívida pública é igual a 30 por cento do PIB.

      - A estrutura de negócios eficiente e transparente apóia o desenvolvimento do setor privado. Incorporando um negócio custa cerca de 1 por cento do nível de renda média anual e leva quatro procedimentos. O custo não-salarial de empregar um trabalhador é elevado, mas o pagamento de indemnizações não são excessivamente onerosa. A estabilidade monetária tem sido bem mantido, embora o governo subsidia numerosos projetos de energia renovável.

      Excluir
    3. Obrigado por traduzir o Heritage, mas não era necessário.

      Excluir
  17. A Noruega é uma país democrático, capitalista e civilizado. Mas não existe liberalismo econômico. É o contrário disso; é um Estado de bem estar social. Você esqueceu os pressupostos do liberalismo econômico?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Encerro minha participação após o compartilhamento da reportagem do Rafles Ramos Ramos, o Adriano Fernandes terá muito trabalho para tentar justificar o injustificável.

      Excluir
    2. Wiliam SJ... Você que pediu heim...
      http://veja.abril.com.br/.../economia/a-riqueza-da-noruega/

      Excluir
    3. Aliás, Adriano, na outra postagem eu disse que topo debater com você sobre os dois textos que você postou. Mas você foge de debate assim como o diabo foge da cruz. Você só sabe disputar campeonato de postagem de links.

      Excluir
  18. Maria da Conceiçao Tavares não é aquela economista que chorou de emoção quando Sarney implantou o Plano Cruzado ? Ou quando os fiscais do Sarney invadiram supermercados?

    ResponderExcluir
  19. Impossível, Wiliam SJ.

    As mentes simples não conseguem processar informações complexas. Rsrsrsrsrsr

    ResponderExcluir
  20. Adriano, agora conta para nós que o nazismo é socialismo. Só está faltando essa distorção da realidade.

    ResponderExcluir
  21. Wiliam SJ... é serio que vc quer levar a sério a "reportagem que o Rafles Ramos Ramos postou sobre 80% de pobreza nos EUA do Porta de Contabilidade?? É serio isso?
    Que hoje alguém com um mínimo de juízo acredita em uma imbecilidade dessas?

    ResponderExcluir
  22. Celio De Jesus Ribeiro... já "expliquei" acima porque a Noruega está na posição 27 do Ranking de Liberdade Economica. Leia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriano, depois que você usou o Rodrigo Constantino como referência, você não pode contestar nenhuma referência alheia.

      Excluir
  23. Uma das caracteristicas das mentes doentes é achar que o discurso é maior que a realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriano, não perco tempo em ler seus textos enquanto você continuar cometendo o absurdo de dizer que vigora liberalismo econômico na Noruega.

      Excluir
    2. Caro Celio De Jesus Ribeiro... antes de fazer graça... leia os post para que não fique sem graça.

      //Wiliam SJ - Aliás Adriano Fernandes, já que você resolveu citar a Noruega, recorra a um dos "pensadores liberais" prediletos da geração revoltados on line, Rodrigo Constantino, e veja o que ele escreveu sobre a "socialista" Noruega e depois me conta se você continua com a mesma posição ou então quem está errado, a Heritage ou Rodrigo Constantino, ok ?//

      Excluir
    3. Ou então, você cita os pressupostos do liberalismo e aponta os que são seguidos na Noruega. Topa essa parada?

      Excluir
  24. As mentes simples sao as que chamam as concessões de privatizaçoes e as privatizacóes de concessões quando convém

    ResponderExcluir
  25. Celio De Jesus Ribeiro... //Adriano Fernandes Não existe um estado LIBERAL... existe um mais liberal do que outros. E o Heritage posiciona isso com base em estudo que pontuam cada país.//

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou então, você cita os pressupostos do liberalismo e aponta os que são seguidos na Noruega. Topa essa parada?

      Excluir
  26. A mesma reportagem do Rafles Ramos Ramos, só que em inglês que parece ser o idioma preferido do Adriano Fernandes http://politicalblindspot.com/shocking-study-4-out-of-5.../

    ResponderExcluir
  27. Porque a Noruega é a posição 27 do Ranking
    Mas ainda sim:
    - pontuação de liberdade economica da Noruega é de 71,8, tornando a sua economia a mais livre 27 no Índice de 2015. Sua pontuação aumentou em 0,9 pontos desde o ano passado, com melhorias sólidas em seis das 10 liberdades económicas, incluindo a liberdade de trabalho, liberdade monetária, bem como a gestão da despesa pública, compensando um declínio na liberdade de corrupção. A Noruega está classificada em 15 de 43 países da região da Europa, e sua pontuação geral é bem acima do mundo e médias regionais.

    Melhorias no ambiente regulatório e liberdade de comércio têm causado econômica pontuação liberdade da Noruega para expandir em 1,1 pontos nos últimos cinco anos. A única queda foi nos gastos do governo como o governo respondeu ao baixo crescimento econômico com gastos adicionais.

    A melhoria gradual das 10 liberdades económicas têm sublinhado o desenvolvimento da Noruega de instituições fortes. Uma pequena economia aberta, a Noruega tem baixas barreiras à entrada de empresas estrangeiras e um regime de investimento que incentive a participação internacional. O ambiente de negócios está dando boas-vindas aos novos empresários, embora o código laboral continua rígido. Impostos altos e os gastos do governo são complementadas por maior fundo soberano do mundo. O regime de direitos de propriedade é o mundo o segundo melhor.

    - Noruega tem sido um membro da OTAN desde 1949. Os eleitores têm duas vezes rejeitou a adesão na União Europeia, mas a Noruega é parte de um acordo de Associação Europeia de Comércio Livre. O primeiro-ministro Erna Solberg do partido conservador foi eleito em setembro de 2013 para liderar uma nova coalizão de centro-direita governo minoritário. O governo de Solberg prometeu baixar os impostos, diminuir a dependência da produção de petróleo, aumentar o investimento em infra-estrutura e reduzir a imigração. A Noruega é um dos países mais prósperos do mundo. Pescas, metal e óleo são os produtos mais importantes. Noruega salva uma grande parte das suas receitas de petróleo do setor, inclusive a dividendos da Statoil parcialmente estatal e impostos de empresas de petróleo e gás que operam na Noruega, no seu Governo Pension Fund-Global.

    - Noruega está classificada em 5 de 177 países em 2013 Percepções de Corrupção da Transparência Internacional Índice. Medidas anticorrupção bem estabelecidas reforçar uma ênfase cultural na integridade do governo. O Judiciário é independente, e do sistema judicial funcionar equitativa nos níveis locais e nacionais. Direitos de propriedade privada estão bem protegidos, e contratos comerciais são aplicadas de forma confiável.

    -Taxa de imposto de renda individual superior da Noruega é de 47,8 por cento, e sua taxa de imposto sobre as sociedades é superior 27 por cento. Outros impostos incluem um imposto sobre o valor acrescentado, um imposto sobre o património líquido e impostos ambientais. A carga fiscal global é igual a 42,2 por cento da economia doméstica. As despesas públicas equivalente a 43,3 por cento da produção nacional, e da dívida pública é igual a 30 por cento do PIB.

    - A estrutura de negócios eficiente e transparente apóia o desenvolvimento do setor privado. Incorporando um negócio custa cerca de 1 por cento do nível de renda média anual e leva quatro procedimentos. O custo não-salarial de empregar um trabalhador é elevado, mas o pagamento de indemnizações não são excessivamente onerosa. A estabilidade monetária tem sido bem mantido, embora o governo subsidia numerosos projetos de energia renovável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wiliam SJ... não é, não sei uma linha.

      Excluir
    2. Nada disso implica em liberalismo econômico na Noruega!

      Excluir
  28. Sandro Vaia, o que importa a comoção da Maria da Conceição Tavares ? O assunto não é ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a comoção da Maria da Conceiçao Tavares não é sentimental. É ideológica. Um preito comovido ao intervencionismo estatal. Não lhe parece evidente, William SJ ?

      Excluir
  29. Adriano Fernandes, google translate

    ResponderExcluir
  30. Liberdade econômica é característica do capitalismo. O liberalismo, uma vertente do capitalismo, evidentemente também tem essa característica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celio De Jesus Ribeiro... para o Indice São consideradas dez categorias de liberdade econômica na pesquisa: nos negócios; no comércio; liberdade fiscal; de intervenção do governo; monetária; de investimentos; financeira; de corrupção; do trabalho; e direitos de propriedade.

      Excluir
  31. Acho que a comoção da Maria da Conceiçao Tavares não é sentimental. É ideológica. Um preito comovido ao intervencionismo estatal. Não lhe parece evidente, William SJ ?

    ResponderExcluir
  32. E com base nessas categorias é feita uma pontuação. E isso é usada para o Ranking de liberdade Economica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora cite todos os pressupostos do liberalismo e diga quais vigoram na Noruega. Mas você foge desta questão..

      Excluir
    2. Sandro Vaia, em vez de estar aqui fazendo comentários toscos e rasos, você deveria ir ao curso de alfabetização para adultos. Ao menos, aprenderia escrever pleito, por exemplo.

      Excluir
    3. Livre mercado é característica intrínseca do capitalismo, não importando a sua vertente.

      Excluir
    4. Querido Urtigao, o analfabeto é você. Se não sabe a diferença entre pleito e preito consulte o dicionário.

      Excluir
    5. Celio De Jesus Ribeiro... O Capitalismo é o Livre mercado... se não for assim é outra coisa... que as pessoas dão o mesmo nome. Mas não é.

      Excluir
    6. Adriano Fernandes, justifique o alegado liberalismo da Noruega com sua alta carga tributária e seu estado de bem estar social.

      Excluir
    7. Vamos por partes... quem disse que a Noruega aplica o Liberalismo (da forma com vc tenta colocar aqui)????

      Excluir
    8. Sandro Vaia, assumo a minha analfabetice.

      Excluir
    9. Celio De Jesus Ribeiro... as vezes acho que vc quer só fazer graça... porque vc não lê.

      Excluir
    10. Adriano Fernandes, ou é liberalismo ou não é. Decida-se

      Excluir
    11. Celio De Jesus Ribeiro... caso Noruega.
      Para o Indice São consideradas dez categorias de liberdade econômica na pesquisa: nos negócios; no comércio; liberdade fiscal; de intervenção do governo; monetária; de investimentos; financeira; de corrupção; do trabalho; e direitos de propriedade.

      - pontuação de liberdade economica da Noruega é de 71,8, tornando a sua economia a mais livre 27 no Índice de 2015. Sua pontuação aumentou em 0,9 pontos desde o ano passado, com melhorias sólidas em seis das 10 liberdades económicas, incluindo a liberdade de trabalho, liberdade monetária, bem como a gestão da despesa pública, compensando um declínio na liberdade de corrupção. A Noruega está classificada em 15 de 43 países da região da Europa, e sua pontuação geral é bem acima do mundo e médias regionais.

      Melhorias no ambiente regulatório e liberdade de comércio têm causado econômica pontuação liberdade da Noruega para expandir em 1,1 pontos nos últimos cinco anos. A única queda foi nos gastos do governo como o governo respondeu ao baixo crescimento econômico com gastos adicionais.

      A melhoria gradual das 10 liberdades económicas têm sublinhado o desenvolvimento da Noruega de instituições fortes. Uma pequena economia aberta, a Noruega tem baixas barreiras à entrada de empresas estrangeiras e um regime de investimento que incentive a participação internacional. O ambiente de negócios está dando boas-vindas aos novos empresários, embora o código laboral continua rígido. Impostos altos e os gastos do governo são complementadas por maior fundo soberano do mundo. O regime de direitos de propriedade é o mundo o segundo melhor.

      - Noruega tem sido um membro da OTAN desde 1949. Os eleitores têm duas vezes rejeitou a adesão na União Europeia, mas a Noruega é parte de um acordo de Associação Europeia de Comércio Livre. O primeiro-ministro Erna Solberg do partido conservador foi eleito em setembro de 2013 para liderar uma nova coalizão de centro-direita governo minoritário. O governo de Solberg prometeu baixar os impostos, diminuir a dependência da produção de petróleo, aumentar o investimento em infra-estrutura e reduzir a imigração. A Noruega é um dos países mais prósperos do mundo. Pescas, metal e óleo são os produtos mais importantes. Noruega salva uma grande parte das suas receitas de petróleo do setor, inclusive a dividendos da Statoil parcialmente estatal e impostos de empresas de petróleo e gás que operam na Noruega, no seu Governo Pension Fund-Global.

      - Noruega está classificada em 5 de 177 países em 2013 Percepções de Corrupção da Transparência Internacional Índice. Medidas anticorrupção bem estabelecidas reforçar uma ênfase cultural na integridade do governo. O Judiciário é independente, e do sistema judicial funcionar equitativa nos níveis locais e nacionais. Direitos de propriedade privada estão bem protegidos, e contratos comerciais são aplicadas de forma confiável.

      -Taxa de imposto de renda individual superior da Noruega é de 47,8 por cento, e sua taxa de imposto sobre as sociedades é superior 27 por cento. Outros impostos incluem um imposto sobre o valor acrescentado, um imposto sobre o património líquido e impostos ambientais. A carga fiscal global é igual a 42,2 por cento da economia doméstica. As despesas públicas equivalente a 43,3 por cento da produção nacional, e da dívida pública é igual a 30 por cento do PIB.

      - A estrutura de negócios eficiente e transparente apóia o desenvolvimento do setor privado. Incorporando um negócio custa cerca de 1 por cento do nível de renda média anual e leva quatro procedimentos. O custo não-salarial de empregar um trabalhador é elevado, mas o pagamento de indemnizações não são excessivamente onerosa. A estabilidade monetária tem sido bem mantido, embora o governo subsidia numerosos projetos de energia renovável.

      Excluir
    12. Eu já tenho uma forte suspeita de que você foge das questões cruciais que lhe são colocadas.

      Excluir
  33. Adriano Fernandes, vou desenhar: eu disse para você contrapor todos os pressupostos do liberalismo com o estado de bem estar social da Noruega.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou digitalizar para você. Quem foi que disse que a Noruega vive o Liberalismo?

      Excluir
    2. Eu tive a nítida impressão que você defendia essa tese.

      Excluir
    3. Desculpa Celio... mas eu não defendi essa tese. Eu apenas disse que existe um instituto especializado, Heritage, que faz pesquisas constantes sobre o Índice de Liberdade Econômica dos Países. Nesse índice São consideradas dez categorias de liberdade econômica na pesquisa: nos negócios; no comércio; liberdade fiscal; de intervenção do governo; monetária; de investimentos; financeira; de corrupção; do trabalho; e direitos de propriedade.
      E a partir dessas categorias os países são pontuados e Rankiados.
      Ai eu disse que se olharmos esse Ranking de Liberdade Econômica X o Ranking de IDH(outro índice mundial), você verá que os países mais liberais(Liberdade Econômica) são a maioria esmagadora do topo do IDH e postei uma tabela para mostrar isso.

      Excluir
    4. São consideradas dez categorias de liberdade econômica na pesquisa: nos negócios; no comércio; liberdade fiscal; de intervenção do governo; monetária; de investimentos; financeira; de corrupção; do trabalho; e direitos de propriedade.

      Excluir
  34. Creio que Maria da Conceiçao Tavares foi apresentada como referência da alguma coisa por causa de uma anedota lusitana de sua (dela) autoria segundo a qual "o povo não come PIB". Uma anedota do mesmo nível do choro de emoção pelos fiscais do Sarney.Daí a comparação, Wlliam SJ, se é que me entende.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já que Delfim Netto, o socialista fabiano, também foi citado aqui como autor de uma frase sobre "cabeças de planilha", divulgada por um ex-jornalista,convém citar outra: "O neoliberalismo não existe".

      Excluir
    2. Sandro Vaia, você veio debater liberalismo ou fazer fofoca?

      Excluir
  35. Dagmar Vulpi o papo aki rendeu, e tá é bom demais

    ResponderExcluir
  36. Que os países escandinavos têm liberdade econômica eu sempre soube. O estranho é a intenção de correlacionar liberalismo econômico com estes países.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celio De Jesus Ribeiro... as categorias são aplicadas a todos os países da pesquisa... entorno de 178. E a pontuação diz a posição no Ranking de cada um. Vá no site do e clique em cada nome de país... que vai falar porque ele está ali naquela posição.

      Excluir
  37. Respostas
    1. Não estou preocupado com estas pesquisas. O que me preocupa é essa tentativa de correlacionar os bem sucedidos sistemas vigentes nos países escandinavos com o liberalismo econômico.

      Excluir
  38. Vejam. por exemplo, a meca da capitalismo, da liberdade econômica e outros lero-leros, os estados unidos: cerca de 80% da população vivendo na linha ou abaixo da linha da pobreza; sede do maior golpe na economia mundial com a bolha inflacionária dos subprimes de 2008; pátria do maior número de bilionários, aqueles 1% que sozinhos detém 50% do PIB mundial.

    Feio na foto, hein?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De novo a galhofa. Tem que ser demente pra acreditar numa besteira dessas.

      Excluir
    2. Não entendi, acho perfeitamente cabível a crítica a reportagem trazida pelo Rafles Ramos Ramos, que me parece bem sustentável, mas elas não existem. As refutações até o momento consistem em chamá-la de "galhofas" ou dizer "vocês acreditam em uma besteira dessas". Por favor senhores, não se discute política com quem refuta afirmações com base em suas crendices

      Excluir
    3. Wiliam SJ, as mentes simples são limitadas.
      Não existe argumentos capazes de demovê-las.
      Melhor é ignorar.

      Excluir
    4. A fonte citada pelo Rafles simplesmente não é confiável. Segundo o PNUD da ONU, 13,5% dos norte-americanos vivem abaixo da linha de pobreza. Um detalhe: pobre nos EUA é quem ganha menos de 934 dólares por mês. ( Cerca de 2.800 reais por mês) Pobre no Brasil é quem ganha menos de 134 reais por mês.

      Excluir
    5. Repito: as mentes simples, para ser gentil, são as que chamam as concessões de privatizacóes e as privatizaçoes de concessões quando convém politicamente.As mentes simples,para dar o devido nome às coisas, são as que cometem delinquência intelectual.

      Excluir
  39. Adriano Fernandes, é bom lembrar que no início do século XX os países escandinavos eram pobres e atrasados, com muita injustiça social. E eles começaram a reverter esse quadro com a implantação de excelentes sistemas públicos e universais de Saúde e Educação. Sob esta ótica, a sociedade precisa investir para que a população torne-se consciente, capacitada e produtiva. Isso é o oposto do liberalismo.

    ResponderExcluir
  40. A postagem inicial é sobre o liberalismo. Creio que, a favor ou contra, devemos debater liberalismo.

    ResponderExcluir
  41. Sandro Vaia, concordo com você que esta informação não é confiável. Mas, cá entre nós, no quesito mentira vocês ganham de goleada. Chegam a afirmar que nazismo é socialismo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celio, é evidente que os países escandinavos não criaram excelentes sistemas universais de saúde e educação antes de ter recursos para isso.Antes criaram a riqueza para depois criar a rede de social. E isso não é o oposto de liberalismo.

      Excluir
    2. Concordo com você; primeiro colocaram o telhado para depois fazerem os alicerces. Aliás, saúde e educação é supérfluo; depois que fica rico, inventa isso por luxo.

      Excluir
    3. Eu ia comentar isso ... como ele podem começar sem ter de onde tirar?

      Excluir
    4. Questão de prioridade! Já leu algo sobre a teoria de alocação de recursos?

      Excluir
    5. Bem... como um pais pode ser a 1ª economia mundial tendo 80% na linha da pobreza ou abaixo? Como pode um país ter um crescimento do PIB 2,4% sem ter gente para produzir e consumir?

      Excluir
    6. A teoria da alocaçao de recursos só tem validade quando há recursos para alocar.

      Excluir
    7. Cuba também não tem de onde tirar mas priorizou Saúde e Educação. E hoje tem, nessas áreas, sistemas com o nível dos existentes nos países mais desenvolvidos.

      Excluir
    8. Cuba sempre teve os melhores índices de educação e saúde da América Latina, antes mesmo de Batista e Fidel.

      Excluir
  42. A crise de 2008 do subprime foi uma ação direta do Estado. Não foi por liberdade, foi por interferência usando Fannie Mae e Freddie Mac. "oficialmente conhecidas como "empresas apadrinhadas pelo governo", pois usufruem vários privilégios concedidos pelo governo".
    Logo, não tem nada de Liberdade ai. Tem é para os amigos do Rei. como tudo onde o Estado põem a mão.

    ResponderExcluir
  43. Olha só cavalheiros, as mentes simples, também se acostumam a chamar doações de propinas e propinas de doações, tbm quando lhes convém.

    ResponderExcluir
  44. A tática de mudar de assunto quando os fatos citados refutam impiedosamente as afirmações anteriores...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o ???? se refere a Cuba, Celio, não pretendo enviá-lo de novo à consulta de dados. Pesquise por você mesmo.

      Excluir
  45. Cuba era o pais mais capitalista e avançado da AL . O que temos hoje é um resto do que tinha a mais de 50 anos atrás.
    Fidel sempre viveu do Dinheiro da URSS e depois trocando trabalho escravo com Chaves.

    ResponderExcluir
  46. Para vocês, adeptos do liberalismo, o Estado é essencialmente negativo e todos os males são causados por ele. Aliás, o Estado só deve investir em segurança pública, para reprimir os pobres e famintos. Linda filosofia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao coloque ideias na cabeça dos outros. O que você escreveu é opinião sua.

      Excluir
  47. “Não esperar senão duas coisas do Estado: Liberdade e Segurança, e ter bem claro que não se poderia pedir mais uma terceira coisa, sob o risco de perder as outras duas.”
    ―Frederic Bastiat

    ResponderExcluir
  48. Não entendi isso Celio De... "A tática de mudar de assunto quando os fatos citados refutam impiedosamente as afirmações anteriores..."

    ResponderExcluir
  49. Liberdade para o detentor do capital fazer o que quiser e segurança para reprimir os pobres e famintos. Exatamente o que eu disse acima.

    Sim, Cuba era tudo de bom. Inexplicavelmente, um grupo de 300 guerrilheiros derrubou as estruturas deste país que tinha tudo de bom.

    Adriano Fernandes, desenho para você entender: é difícil refutar que Cuba, um país sem recursos, construiu excelentes sistemas públicos e universais de Saúde e Educação. E isso refuta o argumento seu e do Vaia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celio De... vc muda de assunto depois reclama.
      Cuba nunca foi sem recursos... Na sua fase socialista Antes era sustentada pela URSS, e todo mundo sabe disso. E depois pela Venezuela, e too mundo sabe disso.
      Não tem como fazer sem ter recursos. Isso é básico na vida social.
      De onde saiu dinheiro para hospitais e escolas? Para pesquisas? Brotou em árvores?

      Excluir
    2. https://www.youtube.com/watch?v=sVSCTxxny5o

      Excluir
    3. Cuba é um país pobre em recursos. Mas tem recursos. Assim como os países escandinavos tinham, embora poucos, quando começaram a montar excelentes sistemas públicos e universais de Saúde e Educação. Não adianta fugir disso: é uma questão de prioridade de governos!

      Excluir
    4. //Liberdade para o detentor do capital fazer o que quiser e segurança para reprimir os pobres e famintos. Exatamente o que eu disse acima.// Exatamente diferente do que vc disse. Os pobres e famintos podem fazer muitas coisas... quando se permite fazer essas coisas. A liberdade permite que vc tome suas escolhas. Quem disse que o Estado pode decidir por todos sem que muitas sejam "negados" de forma coercitiva?
      Em qual país onde o Estado interfere na economia é forte que os ricos e os amigos do Rei não dominam? Não seja bobo.

      Excluir
    5. Sim, os pobres e famintos podem levantarem-se ao ar puxando os próprios cabelos. Simples assim!

      Excluir
    6. Não... ele podem escolher trabalhar ou fazer algo.

      Cuba - "Níquel, cromita, ferro, manganês, barro vermelho e pedra calcária. (Cuba detém o segundo maior depósito de níquel do mundo, cerca de 15% das reservas mundiais)"

      Excluir
    7. Cuba era uma maravilha e o governo ditatorial e corrupto de Batista caiu ante 300 guerrilheiros. Parece que a população não estava contente com a tal maravilha...

      Excluir
    8. Cuba - "Açúcar refinado, charutos e cigarros, cimento, fertilizantes, rum, tecidos, tijolos e telhas, industria farmacêutica e biotecnologia."

      im... Cuba era... mas deixou de ser. A história conta isso.

      Excluir
    9. Adriano Fernandes, novamente desafio você, que novamente vai fugir do mesmo, para debater liberalismo com você. Mas debate não é competição de postagem de link, entendeu?

      Excluir
    10. O documentário é bem explicativo... só precisa ser honesto e aceitar.

      Hã? aiai...

      Desafio não aceito... rsrs

      Excluir
    11. Que novidade!

      Você só sabe vociferar jargões e postar links.

      A vida é feita de paradoxos: o cara é metido a fazer afirmações mas não tem coragem para enfrentar um debate.

      Excluir
  50. Por que os liberais nunca analisam a própria criação e buscam honestamente as causas da pobreza?

    A única coisa que fazem, como pastores neopentecostais, é prometer riqueza e fortuna para todos.

    Agora, o fruto da obra feita nunca é discutido

    ResponderExcluir
  51. rsrs... os Países mais liberais segundo um Ranking que Internacional são os de melhor qualidade de vida.
    Se isso não é provar...

    Debate para quê? Voce faz afirmações que não pode sustentar na prática... pra que perde tempo nisso com você Celio De.
    Quem afirma que se pode gerar educação e saúde sem ter recursos não merece muito crédito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não tem a mínima condição para falar qualquer coisa sobre mim porque você não tem coragem de debater comigo. No dia em que você criar coragem e debater algo comigo, você poderá dizer algo.

      E deixe de ser mentiroso e desonesto: pare de insinuar que liberdade econômica é o mesmo que liberalismo econômico. Se negar isso, considere-se novamente DESAFIADO a debater este assunto comigo.

      Excluir
  52. .....NO NEOLIBERALISMO, O BRASIL CRESCEU....NA MODELO DE LADRÕES PETISTAS, O ESTADO SIMPLESMENTE QUEBROU....QUEM TEM A RAZÃO A FAVOR DO POVO ????....

    ResponderExcluir
  53. hESTE É O VERDADEIRO LULA ttps://www.facebook.com/663321027042654/videos/706981332676623/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EO Q PROCEDE,CÉLIO,VC TOMA TODAS NUM BOTECO DA VIDA E EU PAGO A CONTA?

      Excluir
  54. Neoliberalismo é algo que não existe. Não existe uma escola de pensamento neoliberal. Ou é liberal ou não é.

    Liberalismo tem sua origem em libre, livre. Se refere a liberdade econômica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neoli, você ainda insiste em dizer que não existe neoliberalismo? Até o Adriano Fernandes, que tentou te socorrer no debate, admitiu que existe neoliberalismo: Adriano Fernandes Minha opinião é essa... Leia os artigos.
      //Sim, creio que há um neoliberalismo, coerente com as ideias do liberalismo clássico do século XIX//

      Excluir
    2. E deixe de ser desonesto! E ignorante! Não é porque a raiz das palavras têm o mesmo significado e nem porque liberalismo econômico pressupõe liberdade econômica implicam que liberdade econômica seja necessariamente liberalismo econômico.

      Excluir
    3. Neoli G. da Silva22 de maio de 2015 10:33

      Eu já te mandei mostrar os pensadores que se intitulam neoliberais, quais são seus escritos e em que universidades se sediam. Ainda não fez por quê? Entre os Economistas é motivo de piada se intitula neoliberal.

      Excluir
    4. Neoli G. da Silva22 de maio de 2015 10:33

      E largue de ser burro. Tenha um mínimo de dignidade intelectual. Pare de se utilizar de falácias e erros de semântica pra tentar, no desespero, dar validade a Suas idéias fajutas. Isso não existe.

      Excluir
    5. Já que estou utilizando falácias, aponte-as. Isto é, se é que você sabe o que é uma falácia. Este é mais um DESAFIO!

      Excluir
    6. Neoli G. da Silva22 de maio de 2015 10:34

      Hayek e Friedman são ambos da Escola Austríaca, uma escola LIBERAL e não neoliberal.

      Excluir
    7. Você acabou de ser mais uma vez desafiado, sobre uma afirmaçã sua! Não mude de assunto!

      Excluir
    8. Neoli G. da Silva22 de maio de 2015 10:34

      "Já que estou utilizando falácias, aponte-as. Isto é, se é que você sabe o que é uma falácia. Este é mais um DESAFIO!"

      Não é possível que seja tão burro que não saiba nem mesmo o que esteja fazendo. Não quero acreditar que você seja tão falto de instrução.

      Excluir
    9. Saindo pela tangente, já que nem sabe o que é e nem sabe reconhecer uma falácia...

      Excluir
    10. Você não cansa de apanhar e passar vergonha?

      Seus comentários e seu comportamento são explicados neste texto: http://info.abril.com.br/.../preconceituosos-sao-menos...

      Excluir
  55. Assista a "FERNANDO HENRIQUE admite que houve significativa redução da pobreza no G..." no YouTube - FERNANDO HENRIQUE admite que houve significativa redução da pobreza no G...: http://youtu.be/bP-agdg4qnY

    ResponderExcluir
  56. Celio De... Vc nem lê as coisas e fica ai posando.. Para de show!
    Vai fazer educação e saúde sem recursos... Vai... AiAi que dó!

    ResponderExcluir
  57. O GRANDE SUCESSO DO NEOLIBERALISMO
    É que o povo tem memoria curta

    Assista a "FHC deu vexame internacional e levou sermão de Bill Clinton" no YouTube - https://youtu.be/MeAOen8vyiQ

    ResponderExcluir
  58. Mudando de assunto mais cedo hoje? Não, não tenho preconceitos. Nunca os tive. Mas sou carregado de pós conceitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então não mudemos de assunto: você disse que cometo erros semânticos e utilizo falácias. Apresente os erros e as falácias!!! Simples assim! Ou você é tão burro, a ponto de acusar-me sobre algo que não tem como provar?

      Excluir
    2. Neoli G. da Silva22 de maio de 2015 10:37

      Já te mostrei isso em outro tópico. Vá lá e veja. Ou ainda sofre de deficiência de memória além da cognitiva?

      Excluir
  59. Uma frase de José Saramago muito oportuna para o momento:

    “Aprendi a não tentar convencer ninguém. O trabalho de convencer é uma falta de respeito, é uma tentativa de colonização do outro.”

    Por isso, esse ano, não tentarei convencer ninguém de que minhas opções são melhores. Elas são minhas opções e pronto. Merecem ser respeitadas. Aliás, como as suas opções.

    Boa sorte para nós!!!

    PT x PSDB
    =========

    1) Taxa de inflação (IPCA):

    FHC (1995-2002) – 100,6;
    Lula (2003-2010) – 50,3%;

    2) Taxa de Desemprego (IBGE):

    FHC (Dezembro de 2002) – 10,5%;
    Dilma (Dezenbro de 2011) – 4,7%;

    3) Taxa Selic (Banco Central):

    FHC (Dezembro de 2002) – 25% a.a.;
    Dilma (Agosto de 2012) – 7,5% a.a.;

    4) Salário Mínimo (IBGE):

    FHC (Dezembro de 2002) – R$ 200 (US$ 56);
    Dilma (Agosto de 2012) – R$ 622 (US$ 306);

    5) Investimentos Públicos (Banco Central):

    FHC (2002) – 1,5% do PIB;
    Lula (2010) – 2,9% do PIB;

    6) Dívida Pública Líquida (Banco Central):

    FHC (Dezembro de 2002) – 51,5% do PIB;
    Dilma (Julho de 2012) – 34,9% do PIB.

    7) Reservas Internacionais Líquidas (Banco Central):

    FHC (Dezembro de 2002) – US$ 16 bilhões;
    Dilma (Agosto de 2012) – US$ 372 bilhões;

    8) PIB (Banco Central):

    FHC (2002) – US$ 459 bilhões (2o. da América Latina e 15o. do Mundo);
    Dilma (2012) – US$ 2,4 Trilhões (1o. da América Latina, 2o. das Américas e sexto do Mundo);

    9) Exportações (Banco Central):

    FHC (2002) – US$ 60 bilhões;
    Dilma (2012) – US$ 256 bilhões;

    10) Empregos Formais (Caged-Ministério do Trabalho):

    FHC (1995-2002) – 5 milhões;
    Lula-Dilma (2003-2011) – 17 milhões;

    11) Escolas Técnicas Federais (MEC):

    FHC – 11;
    Lula – 224;

    12) Universidades Federais (MEC):

    FHC – 1;
    Lula – 14;

    13) ProUni (MEC):

    FHC – Não existia;
    Lula-Dilma – 1 milhão de estudantes beneficiados;

    14) Crescimento Econômico:

    FHC (1995-2002) – 2,3% a.a.;
    Lula (2003-2010) – 4,6% a.a..

    15) Balança Comercial (Banco Central):

    FHC (1995-2002) – Déficit de US$ 8,7 bilhões;
    Lula-Dilma (2003-2011) – Superávit de US$ 290 bilhões.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Horário politico.

      Deputados reclamando dos impostos kkkkkkk
      O dinheiro nao é do governo o dinheiro é seu cidadão
      PTB

      Excluir
  60. Neolítico, não seja desonesto e mentiroso! Eu tenho todo aquele tópico gravado. Quer que eu te envie para que você copie e cole o que você acabou de afirmar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neoli G. da Silva22 de maio de 2015 10:40

      Tá aí a resposta para o que foi um grosseiro erro de semântica teu. Lembra ou tá com problema de memória.

      """Semântica é um ramo da linguística que estuda o significado das palavras, frases e textos de uma língua. "

      Isso! Exato! Agora que você já pesquisou, aprendeu!

      Foi útil minha informação!

      Agora você sabe que há um erro de semântica na frase: Cachorro é sinônimo de gato.

      A frase está correta! Não tem erro de grafia, de flexão... de nada! Aparentemente, tudo perfeito! Só aparentemente! Temos um erro de semântica! Cachorro é uma coisa, gato é outra! São coisas distintas e, portanto, temos um erro de semântica!

      Agora espero que entenda as porcarias que você posta! Não se pode chamar liberalismo de neoliberalismo porque você está dando a uma coisa, o liberalismo, uma palavra que não se aplica a ele, neoliberalismo. Portanto, você incorre em um erro de semântica. Liberalismo existe. Neoliberalismo... não.

      Aprendeu agora ou ainda tá muito difícil pro teu nível intelectual?!""

      Excluir
    2. Neoli G. da Silva22 de maio de 2015 10:43

      E tá aí quando te ensinei sobre a falácia da inversão do ônus da prova.
      Tem problemas de memória?

      Excluir
  61. Melhor ler Foucault... Não ê tão simplinho assim... É SEMPRE UMA IDEOLOGIA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha aqui:
      http://www.uece.br/.../polymatheiav5n8_economia...

      Excluir
  62. Celio De... Se vc leu os artigo que postei no noutro tópico, em duas partes, e ainda acredita que existe um Neoliberalismo como sendo algo Novo... Poxa, que decepção.

    A logica do Celio De
    O cavalo tem 4 patas
    Rex tem 4 patas
    Logo, Rex é um cavalo!
    rsrs... Que dó gente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na última vez em que você veio socorrer o Neolítico, você saiu-se mal. Vai querer repetir a experiência?

      Excluir
  63. Neoli; 1) você afirma que neoliberalismo não existe mas não tem capacidade para debater sobre esse assunto.////////2)Pedir para alguém provar que algo não existe é demonstração de ignorância mas não é uma falácia. Assim como é pedir para alguém definir algo, mas já afirmando que esse algo não existe, é uma mistura de ignorância com desonestidade intelectual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriano Fernandes22 de maio de 2015 10:46

      Se não existe como vc pode definir o que não existe... Kkkkkkkk

      Excluir
    2. Celio De Jesus Ribeiro22 de maio de 2015 10:46

      Adriano Fernandes, ou eu estou com Mal de Alzheimer ou você é burro demais. Onde eu disse que neoliberalismo é novo ou antigo?

      Excluir

Sua visita foi muito importante. Faça um comentário que terei prazaer em responde-lo!

Abração

Dag Vulpi

Sobre o Blog

Este é um blog de ideias e notícias. Mas também de literatura, música, humor, boas histórias, bons personagens, boa comida e alguma memória. Este e um canal democrático e apartidário. Não se fundamenta em viés políticos, sejam direcionados para a Esquerda, Centro ou Direita.

Os conteúdos dos textos aqui publicados são de responsabilidade de seus autores, e nem sempre traduzem com fidelidade a forma como o autor do blog interpreta aquele tema.

Dag Vulpi

Seguir No Facebook