sábado, 30 de abril de 2016

Temer nega convite a Antônio Mariz para o Ministério da Justiça

O vice-presidente Michel Temer defendeu a carreira do advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, cotado para ocupar o Ministério da Justiça em um eventual governo Temer, mas negou que tenha feito convite a ele. O vice disse querer corrigir o que chamou de “injustiça grave” em relação ao amigo, após serem veiculadas notícias de que ele assumiria o cargo. Em recentes entrevistas, Mariz afirmou ser contra o instrumento da delação premiada.

Por meio de nota à imprensa, Temer informou que, pela sua relação próxima com Mariz, “tornou-se natural” a citação do quadro para o Ministério da Justiça, mas que “jamais houve convite”. Até a primeira quinzena de maio, o Senado vai decidir se aprova a abertura do processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff.

Em caso positivo, ela será afastada e Temer assume temporariamente por até 180 dias. Se os senadores julgarem que Dilma cometeu crime de responsabilidade, o vice-presidente permanece no poder até 2018.

Temer chamou de “especulações” os nomes de “eventuais ministeriáveis” publicados recentemente pela imprensa, e classificou o amigo de “brilhante advogado”, com trajetória de “ética inatacável e comportamento irreparável”.

Embora o vice-presidente tenha dito que, como não houve convite, o nome de Mariz não poderia ter sido eliminado, a expectativa é que ele não ocupe mesmo o cargo. Outros nomes estão sendo cogitados, entre eles ex-ministros do Supremo Tribunal Federal.

“Quero corrigir essa injustiça, ressaltando a história de vida de Mariz, esse extraordinário amigo, que me incentivou muitíssimo no fortalecimento de nossas instituições. Foi ele quem me apoiou na Assembleia Nacional Constituinte a propor artigo que tornou o advogado função indispensável à administração da Justiça. Mariz é exemplo de dignidade profissional, com renome nacional e internacional. Foi um excelente presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo e excepcional Sscretário de Segurança Pública”, escreveu Temer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita e participação no blog!

Dag Vulpi

Explicando as Pedaladas Fiscais - Atualize a página para voltar para o inicio do texto

Sobre o Blog

Este é um blog de ideias e notícias. Mas também de literatura, música, humor, boas histórias, bons personagens, boa comida e alguma memória. Este e um canal democrático e apartidário. Não se fundamenta em viés políticos, sejam direcionados para a Esquerda, Centro ou Direita.

Os conteúdos dos textos aqui publicados são de responsabilidade de seus autores, e nem sempre traduzem com fidelidade a forma como o autor do blog interpreta aquele tema.

Dag Vulpi

Paulo Freire

Paulo Freire
Para analisar

BLOG MIN

BLOG MIN
Porque todos temos uma opinião, seja construtiva, destrutiva, cientifica, acéfala, perversa, parva, demolidora ou simplesmente uma opinião...

Mensagem do Autor

Ocorreu um erro neste gadget

Seguir No Facebook