segunda-feira, 11 de maio de 2015

Bater panelas ou lata de caviar russo faz a mesma diferença


Chiquinho Scarpa faz "panelaço" em tampa de caviar russo
Dag Vulpi 11/05/2015

Não permita que terceiros abram a porta de acesso do seu inconsciente e implantem ou enxertem ideias, desejos, medos e temores, compulsões ou induza-os a comportamentos descabidos, como está sendo o caso do infértil gesto de ir para as janelas bater panelas, que aliás, não faz nada além de barulho.

Bater panelas como forma de protesto somente teria alguma lógica e inteligência política caso elas, as panelas, estivessem obsoletas por não terem o que cozinhar, o que felizmente, aqui no Brasil esse não é o caso já há algum tempo.

O que está havendo é o "...uso do aspecto emocional, sem a devida reflexão – e nisso os livros são indispensáveis para servir de antídoto – é uma técnica clássica para causar um curto circuito na análise racional, e por fim ao sentido crítico dos indivíduos. Além do mais, a utilização do registro emocional permite abrir a porta de acesso ao inconsciente para implantar ou enxertar ideias, desejos, medos e temores, compulsões, ou induzir comportamentos".
 

Apenas seres conscientes, poderão ser causadores de verdadeiras transformações sociais!

Recentemente, esse mesmo grupo que arquitetou o “panelaço” e se autodenomina como sendo os novos representantes da direita brasileira, encabeçou outros movimentos igualmente desprovidos de um senso crítico minimamente razoável. Faço referencias ao fracassado "Não vai ter copa", onde, uma parcela de insatisfeitos movidos exclusivamente pelo aspecto emocional e desprovidos de senso crítico, se julgou capaz de mobilizar uma multidão de proporção tamanha, que conseguisse impedir a realização do tal evento. Depois, vendo que seus argumentos não foram suficientes para mobilizar uma quantidade de pessoas que de fato pudessem impedir a realização da copa, mudaram a estratégia para o "A copa tá comprada", de forma a insinuar que a então presidente e candidata à reeleição havia comprado os resultados dos jogos de modo que o Brasil sagrar-se-ia o campeão do mundo e, disso ela tirasse dividendos políticos. Essa foi a segunda mancada daquele grupo num espaço de tempo muito curto, afinal, os 7x1 foram mais do que suficientes para desbancar aquela tese infundada.

Eu poderia citar vários casos de equívocos cometidos por esse mesmo grupo, como foi o caso do pedido de intervenção dos EUA e/ou dos militares, assim que os resultados das eleições foram divulgados, mas penso ser desnecessário ficar desenterrando ossos deste tipo de defuntos.  

Não pretendo com esse meu comentário insinuar que os movimentos contrários ao governo deixem de existirem, muito ao contrario, sou completamente favorável aos manifestos autênticos e de iniciativa comprovadamente popular, como foram aqueles de junho de 2013, afinal, protestar contra o que está errado é um direito legitimo e democrático, porém, é preciso que antes de levantar essas bandeiras, tenhamos consciência de que aquilo que reivindicamos é justo e real, e que, não estamos nos deixando levar pelas vontades e interesses de determinados grupos que, no fundo, o que procuram é usar o povo como massa de manobra e beneficiar-se dela..

Reflita bastante e não se deixe levar exclusivamente pelo aspecto EMOCIONAL, não permita que terceiros, com interesses alheios aos seus, consigam causar um curto circuito na sua análise RACIONAL, pondo fim ao seu senso crítico. Não seja mais um dos tantos que, sem perceberem, permitiram tornarem-se massa de manobra, seja um Consciente Político e faça a diferença à seu favor.  Afinal,
somente seres conscientes, poderão ser causadores de verdadeiras transformações sociais!

52 comentários:

  1. Resumidamente, Dagmar Vulpi, o que pretendeu dizer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia quantas vezes for necessário e não esmoreça. Fazendo assim, você conseguirá entender.

      Excluir
    2. Meu caro Eduardo Lopes talvez você não leu a postagem na íntegra, ou com a atenção necessária, mas a mensagem que pretendo passar é a que está no ultimo parágrafo da postagem, ou seja: Reflita bastante e não se deixe levar exclusivamente pelo aspecto EMOCIONAL, não permita que terceiros, com interesses alheios aos seus, consigam causar um curto circuito na sua análise RACIONAL, pondo fim ao seu senso crítico. Não seja mais um dos tantos que, sem perceberem, permitiram tornarem-se massa de manobra, seja um Consciente Político e faça a diferença à seu favor.

      Excluir
  2. Deixe eu entender o raciocínio, manifestações iniciadas por um grupo como Movimento Passe Livre ligado a partidos aliados do PT, q ficou até provado q o site deles recebia dinheiro de estatais, foi uma manifestação de "iniciativa popular"?? Em contrapartida manifestações iniciadas e organizadas pelas redes sociais, diante das mentiras cometidas nas eleições para se reeleger, tanto é q cerca de 20% dos participantes tinham votado na Dilma, ai são manifestações manipuladas e não populares ?? Pra vc então só quem pode "bater em caviar" é a "esquerda caviar" ?? tendi.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é a sua interpretação meu caro Martins Miragaia, e não o que eu tentei expor. Mas respeito, e muito o seu viés de confirmação, afinal, é normal do ser humano tender a ter preferência por informações que confirmem suas crenças ou hipóteses, independentemente de serem ou não verdadeiras. Como resultado, as pessoas colhem evidências e trazem informações da memória de forma seletiva, interpretando-as de maneira às vezes enviesada (tendenciosa). O efeito é mais forte no caso de assuntos que envolvem o emocional e nos casos em que se está lidando com opiniões fortemente arraigadas.

      Nosso cérebro procura confirmar os desejos e crenças que temos o tempo todo. Assim, descartamos tudo que não tem a ver com nossas opiniões anteriores e nos atemos a sinais que confirmam o que acreditamos. É o que a ciência chama de viés da confirmação, um estudo feito na Universidade de Ohio demonstrou como ele funciona. A pesquisa mostrou que as pessoas passam 36% mais tempo lendo um ensaio que esteja alinhado com suas opiniões do que um que vá contra o que elas pensam.

      Excluir
  3. Bom, sua conclusão é de que bater panelas é inócuo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei, não bati panela (não todos os dias kkkkk) mas foi ou é um bom movimento, parece-me que tem surtido seus resultados. Me parece, corrija-me se errado, iniciado pelo Olavo de Carvalho

      Excluir
    2. Veja por exemplo e especificamente a 8ª estratégia da manipulação midiática segundo Chomsky

      8- ESTIMULAR O PÚBLICO A SER COMPLACENTE NA MEDIOCRIDADE.

      Promover ao público a achar que é moda o fato de ser estúpido, vulgar e inculto…

      Excluir
    3. Exatamente meu caro Eduardo Lopes. ao menos o Olavo de Carvalho tem tomado para si a grande ideia de copiar das donas de casa argentinas, que tinha outro contexto, a ideia de bater panelas. Bom lembrarmos que, apesar de o Olavo de Carvalho ser o guru filosófico de muitas mentes pensantes do cenário brasileiro, é dele a afirmativa de que a PEPSI cola usava embriões humanos como adoçante de seus produtos. Sinceramente, deixei de leva-lo a sério depois de ele ter dito essa sandice. rsss

      Excluir
  4. Respostas
    1. A pergunta é para mim Maria Silva?

      Excluir
    2. pode me respomder?Dagmar Vulpi

      Excluir
    3. Desculpe-me Maria Silva pensei que você não fizesse questão de ter uma resposta para aquela pergunta, afinal, perguntar para uma pessoa de bem se roubar o povo é certo, parece não fazer muito sentido, a resposta é tom óbvia quanto a intenção da interrogativa. Particularmente eu jamais faria um questionamentos desses para uma pessoa que não conheço, pois sei que eu poderia estar sendo leviano. Mas a minha resposta é: NÃO, EU NÃO CONCORDO QUE ROUBAR O POVO SEJA CERTO!

      Excluir
    4. Agradeço pela resposta,Dagmar Vukpi

      Excluir
    5. sóprecisava q vc respondesse,em momento algum,achei q vc naopessoa uma pessoa do bem,Dagnar Dagmar Vulpi

      Excluir
    6. sua resposta ,era muito importante pra mim,Dagmar vulpi

      Excluir
    7. desculpa o constrangimento,ta?

      Excluir
    8. Tudo certo Maria Silva. Somente achei meio inoportuno perguntar para alguém se ela acha certo roubar.

      Excluir
    9. gradeço epeço desculpas,Dagmar Vulpi

      Excluir
    10. Sem problemas Maria Silva, eu também errei. Poderia ter te respondido sem maiores comentários. Talvez eu devesse ter me privado da participação de debates em grupo. Hoje estou meio "azedo". rsss

      Excluir
  5. Pronto Dagmar Vulpi vão dizer vc petralha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certamente que não Cida Rezende. O pessoal do grupo sabe diferenciar um petista de um social democrata. rsss

      Excluir
  6. Creio Dagmar Vulpi que bater panela, assobiar, cantar etc. quando uma pessoa de quem nada queremos nada ouvir, é uma politica muito saudável. veja voce, tem surtido resultados sim. Não aconteceu comigo pois não tenho irmãos, mas vi muito caso entre irmãos de um falando e outro cantando, por exemplo, até o outro se calar. Não que com isso tenha trazido a conversa a nivel tão pueril, não, é uma afronta de alto nível sim. e justificada nos casos vertentes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por essa ótica, concordo com você Eduardo Lopes, ou seja, melhor ser surdo que ouvir certas coisas. rss

      Excluir
  7. No caso da copa, é sim uma batalha, um grupo tenta mostrar aos demas que é uma coisa errada, os meios se justificam.

    ResponderExcluir
  8. Não é um povo afeito a batalhas do que falamos, falamos de um povo que gosta dce futebol mas viu que era um grande prejuízo à nacão sua concusão como efetivamente o foi

    ResponderExcluir
  9. Voltando ao tópico, onde tentei expor minha opinião de que bater panelas não é um ato dos mais inteligentes, penso que o povo deveria mostrar seus descontentamentos nas urnas, lá sim, os gestos surtem grandes efeitos. E não adianta apenas focarmos no voto para presidente, afinal, nosso sistema política outorga tanto poderes para um presidente quanto para a maioria na câmara e no senado. Resumindo, precisamos aprender a votar, dessa forma não precisaríamos ficar batendo panelas como se essa fosse a única e mais eficaz arma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja bem Dagmar Vulpi as eleiões mais proximas estão longe, nesse meio tempo, se nada de melhor tivermos a fazer a mostrar nosso descontentamento com o governos, PANELAÇO neles. Nas urnas concluimos

      Excluir
  10. ....se entendí mais ou menos bem o proposto, a racionalidade deve se sobrepor ao emocional....certo. porém, se observarmos o movimento do governo federal, chegaremos a conclusão que ele usa e abusa do emocional para se manter roubando e saqueando o brasil....portanto, qualquer esforço no sentido de anestesiar mais ou menos a sociedade, independente do lado que penda o argumento, deve ser levado ao limite, pois está provado que no campo do absurdo da manipulação emocional, o governo ganha ou compra o apoio do povo tido mais carente....e como o governo federal lutou para voltar a inflação, derrubar direitos dos trabalhadores na ativa ou desempregados, assim como os direitos dos aposentados, me leva crer que o governo federal vai investir de forma grotesca no apelo emocional, pois o apelo financeiro acabou a mais de ano e meio....portanto, a demagogia será levada até o limiar da loucura.....como já está sendo feito....então, não vejo nenhum problema em criar um curto circuito nos sonhos dos eleitores...afinal, quem começou essa palhaçada de manipulação emocional foi o próprio PT....que a cada dia que passa está cada vez mais pelado e desesperado diante do povo brasileiro.....caso haja dúvida no exposto, é só ver o último programa partidário petista que anda por aí....pura demagogia, populismo barato e apelo emocional quase paternal e subliminar....então, panelas no PT, por que o lula acabou com a fome do universo......afinal, se ele conseguiu se comparar em suas falásias, com Deus, imagine como pode existir qualquer ser humano o u ET com fome por aí.....hehehehe......ABRO A CAMPANHA PARA LULA SUBSTITUIR DEUS NO UNIVERSO, POR QUE NA TERRA E NO BRASIL ESTÁ SENDO ESQUECIDO.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. brilhante conclusão José Ricardo Novaes porém ao que entendi é o suposto absurdo do panelaço o âmago da conversa do Dagmar Vulpi

      Excluir
  11. Valeu Eduardo Lopes e Maria Silva. Agradeço-os por terem dado atenção para minha postagem e me oportunizado esse debate. Certamente que cada um de nós possuímos nossas próprias expectativas e forma de externa-las. Uns são mais outros um pouco menos, mas somos todos um cadinho radicais quando defendemos nossas ideias. Abração e até uma próxima oportunidade.

    ResponderExcluir
  12. Se vc considera Dagmar, q uma manifestação com bandeiras de partidos, como tinham nas manifestações de junho de 2013, PSOL, PSTU e até PT, porem quando se espalharam pelo Brasil o MPL abandonou as manifestações e saiu xingando quem ficou de "fascista", pouco antes da entrada dos Black Blocs para terminar com as manifestações de vez, de "cunho popular"?? Em comparação a manifestações sem bandeira de partido NENHUM como manipuladas ? Tb respeito, pq realmente é como vc escreve, cada um tem a interpretação q melhor convém q confirmem sua crença e ideologia sendo verdadeiras ou não.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro Martins Miragaia. Minha menção quanto aos manifestos de junho de 2013, são da sua origem, ou seja, tudo começou de forma organizada e SEM a participação de agremiações partidárias, lembro inclusive que a tentativa de "infiltração" de bandeiras de partidos foram rechaçadas. No transcorrer das manifestações tornou-se inevitável que os urubus dos partidos conseguissem se infiltrar, assim como, os Black Blocks conseguiram, com suas "participações", por um ponto final num manifesto legítimo e que contava com o apoio irrestrito da sociedade.

      Excluir
    2. Pois é Dagmar, que lógica nortearia o povo descontente com seu governo? Aguardar eleições e tirá-los de lá? Misturar-se a eventiais blacj blcojs infikltrados em legítima manifestção?

      Excluir
    3. Tá certo Eduardo Lopes, então você estaria sugerindo que a "arma" democrática ideal para trocar um governo que não concordamos não é o voto, mas sim o panelaço? Sinto em desmotiva-lo, mas se não for pelo voto, não será xingando ou batendo no fundo das panelas que isso acontecerá. rss

      Excluir
    4. Bater panelas é um ato deploravelmente vil em relação a quem esta sendo batida. Psicologicamente tem efeito destruidor. O pouco caso, o descaso, o dizert que voce é um nada, tudo vem do som do bater panelas. É uma afronta muito grande e muito simples. O mesmo que virar o rosto para alguem que esta falando.

      Excluir
    5. Me desculpe Dagmar, então vc está equivocada sobre as origens das manifestações de junho de 2013, começou de forma modesta com justamente o Movimento Passe Livre e agremiações e partidos alinhados, fazendo protestos contra os reajustes nas tarifas de transporte em SP, porem obteve a simpatia da população e realmente começou a ter uma participação popular, mas com objetivos distintos e diferentes, foi qdo surgiu o slogan "não é só por 25 centavos", e os próprios manifestantes começaram a criticar os partidos políticos participantes, e oq o MPL fez ? SAIU das manifestações justamente por esses motivos.....

      Excluir
    6. Desculpe Dagmar Vulpi não havia lido ultima postagem. Mas, Temos um desgoverno tamanho que não suporta um aguardar novas eleições e, nesse meio tempo, a melhor opção e mais barata, a demonstrar o descontentamento e até dar uma chance de se modificar o que se tem hodiernamente, é o panelaço. Ninguém saiu ferido, ninguém se machucou e efetivamente protestou. Não quero ouvir o que voce diz: panelaço em voce

      Excluir
  13. Também concordo, já amassaram muitas panelas e Dilma continua no poder acabando com o Brasil. Agora é hora de atitudes efetivas, como colocar Dilma para fora do Governo

    ResponderExcluir
  14. penso que a maior situação criada é exatamente bater panelas cheias.....afinal, ainda está se conseguindo colocar comida dentro....a questão é por quanto tempo, por que pelo andar da carruagem governamental, logo logo haverá carestia.....a verdade está nas concessionárias, indústria automobilística, produção de máquinas, produção de veículos pesados, produção de energia elétrica, produção de futuro e de empregos.....além, é lógico, de entender que o estado indutor de crescimento foi totalmente devastado por lula e Dilma.....até o último centavo.....portanto, a panela cheia hoje é a panela vazia nos próximos meses......ou será que o Brasil vai ganhar na Mega-Sena ??????....o PT e seus aliados vão deixar isso acontecer ????......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso meu caro Jose Ricardo Novaes, penso que o racional sempre deve se sobrepor ao emocional. Porém, na sequencia do seu comentário, você fez uma alusão aos propósitos do governo quanto à suas políticas. Não foi essa a minha intenção, ou seja, minha proposta não orbita em torno da expectativa das ações do governo, mas sim, nas do povo enquanto sociedade organizada.

      Excluir
  15. ....se não existir a Mega-Sena.....a situação fica difícil....os políticos não permitem novas lideranças...portanto, a sociedade precisa explorar seus próprios potenciais.....e aí, começar a bater panelas já um objetivo simplório, mas um objetivo.....tirar Dilma do cargo, expor as mazelas do populismo, exigir novas condutas de burros velhos da política podem ser caminhos....afinal, o futuro sempre nos reserva fatos novos...tanto para o bem com para o mal....de concreto, a necessidade de se realizar algo novo é fundamental....pois se depender da vontade dos atuais políticos, a reforma política brasileira ainda demora uns 20 anos.....melhorar o que para eles ??????....está ótimo......

    ResponderExcluir
  16. ....desculpem....mas apenas insinuei a real possibilidade de realizar o saque de Dilma da cadeira...somente isso.....fatos concretos existem, situação política existe, situação social existe......infelizmente, não se sabe notícias sobre os interesses políticos submersos de Brasília para realizar a operação.....afinal, temer assumiria mesmo ?....nova eleição seria realizada ?....daria para confiar de verdade no STF ?.....existira consistência política para atravessar a neblina que seria a saída de Dilma ?....e por aí vai......democracia plena e populismo não andam juntas......são inimigas....mas como estamos no reino da banania....com o "gênio do horroris causis" lula sempre vociferando bobagens e tendo apoio irrestrito das mais variadas camadas sociais beneficiadas com benesses públicas....fica no mínimo um futuro muito nebuloso......e aí......panela neles.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas perguntas José Ricardo Novaes. A princípio o panelaço é só uma maneira de mostrar aos governantes que estamos descontentes e isso repercute mundialmente. Quanto a Temer assumir, o PMDB é mais alinhado com a democracia do que o PSDB. O STF estaria mais solto com Temer ou PMDB

      Excluir
    2. Jose Ricardo Novaes12 de maio de 2015 15:08

      ...e aí mora uma pontinha de esperança....já o movimento passe livre vinha bem, mas quando ficou comprovada a ligação do movimento com o PT.....acabou tudo....e de novo o PT abusa do emocional do povo.....quanto as perguntas.....é lógico que não existem ainda respostas....mas que estão nas pautas de Brasília, estão.....então a esperança volta a existir....panela neles.......

      Excluir
  17. "Assim como os partidos, o Passe Livre, que deu origem às manifestações contra o aumento da tarifa de metrô e ônibus, foi chamado de oportunista, aos gritos, por uma parte dos manifestantes. Os grupos próximos do MPL são os movimentos de moradia, o MST e o coletivo Consulta Popular. " q foi o MPL q começou as manifestações com apoio de partidos políticos e etc isso ficou público e notório, se não quer acreditar no PIG ? Trago vídeos e outras fontes q comprovam isso, eles chegaram até a fazer um documentário, pago pela lei Rouanet claro, chamado acho q "primavera de junho" ou algo assim, para justamente se posicionarem como os grandes astros das manifestações......

    ResponderExcluir

Sua visita foi muito importante. Faça um comentário que terei prazaer em responde-lo!

Abração

Dag Vulpi

Sobre o Blog

Este é um blog de ideias e notícias. Mas também de literatura, música, humor, boas histórias, bons personagens, boa comida e alguma memória. Este e um canal democrático e apartidário. Não se fundamenta em viés políticos, sejam direcionados para a Esquerda, Centro ou Direita.

Os conteúdos dos textos aqui publicados são de responsabilidade de seus autores, e nem sempre traduzem com fidelidade a forma como o autor do blog interpreta aquele tema.

Dag Vulpi

Seguir No Facebook