SE GOSTOU SIGA O BLOG

sábado, 9 de julho de 2011

Henrique Fontana (PT-RS) vai propor a extinção do cargo de suplente de senador

Relator da reforma política quer extinguir cargo de suplente de senador 

O projeto de reforma política que o deputado Henrique Fontana (PT-RS) vai propor à Câmara na primeira semana de agosto prevê a extinção do cargo de suplente de senador. A proposta do relator é para que o deputado federal mais votado assuma o cargo vago de senador em um mandato tampão até as eleições seguintes, mesmo que sejam municipais, quando seria feita uma nova eleição para preencher a vaga.
Outra proposta que deverá estar no relatório de Fontana é a que prevê o financiamento público exclusivo de campanha eleitoral. O dinheiro viria da criação de um fundo com recursos públicos para que os partidos, com base na representação no Congresso, possam bancar as campanhas eleitorais. “Hoje, é cada vez mais difícil uma pessoa pobre chegar ao Parlamento. Há uma grande desigualdade entre os candidatos e as campanhas são caríssimas”, disse Fontana.
O sistema eleitoral misto também estará sob análise dos deputados. A ideia é criar um sistema duplo de votação, em que o eleitor vota primeiro no partido e depois no candidato. “Com isso, não se retira o direito do eleitor de escolher seu candidato e cria uma cultura importante: o eleitor deve se preocupar com o candidato e também com o partido”, explicou o relator.
Fontana pretendia apresentar o relatório ainda no primeiro semestre, mas preferiu adiar para aprofundar as discussões sobre o assunto. “Meu papel como relator é apresentar um relatório que tenha grandes chances de ser aprovado. Eu precisava de um tempo para garantir as negociações sem açodamento”, comentou.
O deputado disse ainda que a expectativa é que o projeto de reforma política comece a valer a partir de 2014. “Para não haver açodamento nas eleições municipais do ano que vem”, explicou Fontana.
.............................................................................................................................
Debate Bate Papo facebook
.............................................................................................................................

Dagmar Vulpi O sistema eleitoral misto também estará sob análise dos deputados. A ideia é criar um sistema duplo de votação, em que o eleitor vota primeiro no partido e depois no candidato. “Com isso, não se retira o direito do eleitor de escolher seu candidato e cria uma cultura importante: o eleitor deve se preocupar com o candidato e também com o partido”, explicou o relator.
Dagmar Vulpi Outra proposta que deverá estar no relatório de Fontana é a que prevê o financiamento público exclusivo de campanha eleitoral. O dinheiro viria da criação de um fundo com recursos públicos para que os partidos, com base na representação no Congresso, possam bancar as campanhas eleitorais. “Hoje, é cada vez mais difícil uma pessoa pobre chegar ao Parlamento. Há uma grande desigualdade entre os candidatos e as campanhas são caríssimas”, disse Fontana. 
Sidney Lino BOM SE TIVER TRANSPARÊNCIA E FISCALIZAÇÃO QUE Ñ PODE SER FEITA POR PARTIDOS NEM POR POLITICOS E SIM TCU !!FOR IGUAL PARA TODOS OS CANDITADOS ATÉ QUE DA PRA PENSAR EM USAR DINHEIRO PUBLICO MAS NESSA FORMA ONDE DEIXARIA TODOS EM PÉ DE IGUALDADE!!!!!!!!!!!!
Mauro Garcia Ideias boas para o povo; mas os políticos que vêm se benfeficiando das leis ruins não quererão mudá-las Diantee disso pergunto: o como podemos fazer para ver, aqui, pela internet, o quadro de votões de Brasília?
Fernanda Tardin não sei pra que Senador, inda mais suplente de Senador. Apoiado. bjao
Fernanda Tardin acompanhar ON LINE Terça, quarta e quinta a votação no Congresso. Site da Camara federal e site do Senado. Bjao
Dagmar Vulpi Realmente Nanda, para que servem os senadores? Os estados já tem seus representantes em âmbito Federal, todo estado possui um governador, este ao menos deveria trabalhar em benefício do estado que representa, e sobretudo temos um Presidente da República, que tem a obrigação de ver em cada estado que compõe a federação como um filho (metafóricamente falando), e tratar todos com igualdade. Aí vem o questionamento feito pelo Nanda, e apoiado por mim: SE A EXISTÊNCIA DOS SENADORES É DISPENSÁVEL, O QUE DIZER ENTÃO DE SEUS SUPLENTES? 
José Roberto Bonifácio Mas que "programa de Indio" (rsrsrs) e este de vcs heim!!!? Acompanhar votaoes nominais e muito chato... Abs.,
Dagmar Vulpi Pois é amigo José Roberto, alguém precisa fazer o "programa de Indio" para tentar manter a tribo bem informada! rsrsrssr
José Roberto Bonifácio Que os antropologos e cientistas politicos de plantao nao nos escutem...rsrsr
Linda Morais Muito justo. O povo tem de saber em quem está votando.Suplentes pegam o "cavalo selado".Quem quer ser eleito tem de pedir voto e demonstrar com propostas e muita sola de sapato.Parabéns
Dagmar Vulpi Que honra. A companheira Linda Morais participando do debate do nosso grupo! Seja super bem vinda, suas participações irão colaborar em muito para o nível dos debates.
Linda Morais Tenho te acompanhado, meu amigo Dagmar Vulpi.Parabéns pelos teus posicionamentos e publicações.Grande abraço!
Dagmar Vulpi Linda fico agradecido, para mim é honroso saber que você acompanha minhas publicações e que concorda com os meus posicionamentos!, fico na esperança de que você continue nos dando a honra da participação. Um abraço querida.
J Ferreira Ferrerinha Parabéns Deputado! deveria para a nossa realidade, propor a extinção do cargo de Senador! Despesa a menos para os cofres públicos!! O que eles fazem de produtivo para justificar o Alto salario que tem!!            


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua visita foi muito importante. Faça um comentário que terei prazaer em responde-lo!

Abração

Dag Vulpi

Sobre o Blog

Este é um blog de ideias e notícias. Mas também de literatura, música, humor, boas histórias, bons personagens, boa comida e alguma memória. Este e um canal democrático e apartidário. Não se fundamenta em viés políticos, sejam direcionados para a Esquerda, Centro ou Direita.

Os conteúdos dos textos aqui publicados são de responsabilidade de seus autores, e nem sempre traduzem com fidelidade a forma como o autor do blog interpreta aquele tema.

Dag Vulpi

Seja Bem-Vindo

Paulo Freire

Paulo Freire
Para analisar

BLOG MIN

BLOG MIN
Porque todos temos uma opinião, seja construtiva, destrutiva, cientifica, acéfala, perversa, parva, demolidora ou simplesmente uma opinião...

Mensagem do Autor

Ocorreu um erro neste gadget

Seguir No Facebook