VILA VELHA EM DESTAQUE


11/09/12

Câmaras da grande Vitória não cumprem determinação da Lei da informação e não divulgam salários

Legislativos da Grande Vitória ainda não se adequaram à lei, e informações sobre pagamentos ainda estão fora dos portais

Por Christian do Nascimento | Katilaine Chagas
Quase quatro meses após a sanção da Lei de Acesso à Informação, nenhuma das sete câmaras da Grande Vitória (Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Guarapari, Viana e Fundão) está completamente adaptada a ela.
Além de obrigar órgãos públicos a prestar informações sobre suas atividades, a lei prevê a divulgação individualizada de todos os pagamentos feitos a seus servidores.
Todas as câmaras já possuem um link em seus respectivos sites para o Portal da Transparência que já traz algumas informações, como balancetes, contratos e relação de salários por cargos. Nenhuma, porém, divulga esses salários por nome ou matrícula.
A Câmara de Vitória afirma que tem até o dia 18 de outubro para se adequar à lei. Na data, completam se 90 dias da publicação de resolução que a regulamenta.
Embora a Câmara de Vila Velha tenha afirmado, por meio de sua assessoria, que já está completamente adaptada, o site não traz de forma explícita todas as remunerações. Segundo o órgão, só hoje eles poderiam passar mais informações sobre a adequação à lei.
A Câmara de Cariacica afirma que aguarda adequação a ser feita pela empresa responsável pela manutenção do site para jogar os dados exigidos pela lei. Não foi informado quando isso vai acontecer.
Em Fundão, a data estipulada para total adequação é novembro deste ano. O planejamento é seguir o modelo usado pelo governo do Estado, que adota consultas individuais no site, em vez de planilhas.
A reportagem não conseguiu contato com o Legislativo de Viana.
Já o de Guarapari informou que aguarda implantação do novo sistema para publicar as informações.
A SITUAÇÃO NOS LEGISLATIVOS DA GRANDE VITÓRIA
Vitória
> TEM ATÉ o dia 18 de outubro para se adequar. O prazo é de 90 dias após a publicação de resolução de 18 de julho deste ano, que adequa o órgão à Lei de Acesso à Informação.
Vila Velha
> POR SUA ASSESSORIA DE IMPRENSA, a Câmara respondeu que já está totalmente adequada à Lei de Acesso. Mas, ao consultar o site, só foi possível encontrar a relação de salários por cargo, sem detalhar as despesas por funcionário.
Serra
> É POSSÍVEL encontrar relação de cargos e salários, mas não as despesas individuais, como determina a lei, seja por nome ou matrícula. A assessoria não respondeu até quando pretendem se adequar.
Cariacica
> A CÂMARA afirma que solicitou à empresa responsável pela manutenção de seu site alterações em seu layout, links e outros serviços para, assim, se adequar à Lei de Acesso à Informação. Mas não informou a data prevista para isso acontecer nem se a divulgação dos salários dos servidores da Casa seria nominal ou por matrícula.
Guarapari
> JÁ POSSUI link para o Portal da Transparência, mas não divulga individualmente a relação de pagamentos. Não deu retorno sobre data para adequação.
Viana
> TAMBÉM NÃO disponibiliza as despesas individuais da Câmara. O órgão aguarda reformulação do site
para publicar as informações.
Fu n d ã o
> O OBJETIVO é divulgar os dados remuneratórios aos moldes do feito pelo governo do Estado, com consultas por link, em vez de tabelas. Até novembro, a Câmara pretende entregar o Portal da Transparência adequado à Lei de Acesso.


10/09/12 
Pesquisa em Vila Velha mostra Neucimar no Segundo Turno 

Em toda eleição surgem surpresas em algumas regiões. O cenário em Vila Velha coloca o município no rol das cidades que podem surpreender.

O ex-prefeito Max Filho (PSDB acabou ultrapassado pelo atual prefeito Neucimar Fraga (PR), que estava em terceiro lugar, antes da propaganda eleitoral. 
Ele adotou uma estratégia correta: mostrar o que fez e bater no principal adversário. 

Isso, aliado ao grande poder econômico que exibe pela cidade - e até em municípios vizinhos como Cariacica e Vitória  faz o candidato subir. 
Dono do maior tempo para propaganda e usando a máquina municipal na reta final da campanha, ele garante vaga no segundo turno. 
Mas isso não significa que esteja eleito; pelo contrário. Dono da maior rejeição, de acordo com pesquisa Futura, Fraga pode cair em desgraça a qualquer momento. 

Com um eleitorado consolidado, Max segue sua "modesta"campanha e diz que não pretende se incomodar com pesquisas. 

Tucanos avaliam que foram gastos, até o momento, menos de R$ 200 mil na campanha de Max.
Enquanto isso o PR já teria gasto mais de R$ 2 milhões, e o DEM de Rodney Miranda cerca de R$ 1,5 milhão.

Os valores, no entanto, representam menos da metade dos custos. O grande débito foi contraído no mês de setembro e as contas devem ser pagas até dia 30. 

08/09/12

Governador do ES libera uso de sua imagem para campanha eleitoral


Governador disse que não vai proibir nenhum candidato de fazer campanha com fotos suas. “Deixo a decisão para a Justiça”, afirmou

O centro de Vitória foi palco, ontem, do tradicional desfile cívico que relembra e comemora, todo ano, o marco da Independência do País. Presente em todo o evento, o governador Renato Casagrande (PSB) falou à imprensa sobre as eleições e afirmou que não proíbe ninguém de usar fotos e imagens dele durante as
campanhas eleitorais.
Eu tenho fotografias com todos os candidatos do Estado, algumas tiradas em feiras, em encontros ou
reuniões. Não proíbo ninguém de usar a minha imagem”, disse o governador, que fez apenas uma ressalva: “Deixo nas mãos da Justiça decidir o que é ilegal ou legal”.
Mas, de acordo com a Justiça Eleitoral, a imagem dele só pode ser usada por candidatos e partidos em cuja base esteja o PSB.
A lei diz que só podem ser veiculadas, nos programas eleitorais gratuitos de rádio e televisão, imagens de “cidadão não filiado a outra agremiação partidária ou a partido integrante de outra coligação”.

Sobre as fotos tiradas com candidatos – como o prefeito de Vila Velha e candidato à reeleição, Neucimar Fraga (PR) –, o governador dá a entender que sua participação nas eleições ficará por isso mesmo.
Decidi e afirmei, quando entrei no governo, que eu não participaria de campanha alguma, apoiando um candidato ou outro. Quero manter a unidade partidária, preservando as siglas que estão na minha base”, garantiu.

Durante o desfile, Casagrande esteve todo o tempo no palanque, ao lado do prefeito da capital João Coser (PT).
Cabo eleitoral da deputada federal Iriny Lopes (PT), que disputa o comando de Vitória, Coser deixou claro que quer ela como sua sucessora .
Para elevar a candidatura da petista, Coser está apostando suas fichas nos militantes do PT.
Sobre o julgamento do mensalão, ele acredita que não afetará as candidaturas no Estado. E lembrou, ainda, a importância da vinda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em apoio a Iriny.

O debate está em Brasília. Acredito que o brasileiro vai dar importância à sua realidade local” João Coser, prefeito de Vitória, sobre a possibilidade do mensalão influenciar nas eleições.

Não participo de campanha” Governador Renato Casagrande
> SOBRE SUA PARTICIPAÇÃO NAS ELEIÇÕES 2012: “Afirmei, quando entrei no governo, que eu não participaria de campanha alguma, apoiando um candidato ou outro”.
> USO DE SUA IMAGEM POR CANDIDATOS NÃO COLIGADOS AO PSB: “Vejo o uso da minha imagem com naturalidade, não vou contra isso. Deixo nas mãos da Justiça decidir o que é ilegal e o que não é”.

08/09/12

Neucimar ganha direito de resposta no programa de Max

A frase “22 não vale nada”, veiculada durante o programa de rádio do tucano Max Filho, candidato em Vila Velha, repercutiu em favor do prefeito e candidato à reeleição, Neucimar Fraga (PR).

A juíza da 57ª Zona deu ao prefeito, ontem, direito de resposta dentro do programa do tucano.
Neucimar, que alegou que a frase foi direcionada a ele – já que 22 é o seu número de urna –, terá um minuto para a resposta. O tucano também foi penalizado com a suspensão de 40 segundos da sua programação. No total, Max Filho terá um minuto e 40 segundos a menos no próximo programa.

A juíza também notificou Neucimar e o candidato Rodney Miranda (DEM), alegando que eles fizeram plotagem de veículos. A sentença determina que, de imediato, eles devem retirar os veículos de circulação ou reduzir o tamanho das adesivagens. Se não cumprirem, terão que pagar multa diária de R$ 1 mil.

CARIACICA
Em Cariacica, a juíza da 54ª Zona Eleitoral julgou improcedente pedido feito pelas coligações de Lúcia Dornellas (PT) e de Sandro Locutor (PV), que pediram a retirada de dois locutores do programa de Marcelo Santos (PMDB).

CACHOEIRO
Em Cachoeiro, decisão da juíza eleitoral impediu a veiculação da imagem do ex-governador Paulo Hartung (PMDB) no programa da coligação de Carlos Casteglione (PT). Como o PMDB está na base aliada de Glauber Coelho (PR), a lei eleitoral determina que seus partidários não podem aparecer em propagandas eleitorais gratuitas de outras coligações.

07/09/12

DICAS DE LEITURA

Ø  Vale dispara na nyse após anúncio do governo chinês 
Ø  Pitbull ataca e mata homem em Luziânia (GO); cachorro foi presente da filha da vítima
Ø  O perigo do uso de Anabolizantes, ou no popular: "Bombas"
Ø  A Teoria dos quatro temperamentos
Ø  Pitbull fica ferido em briga com porco-espinho
Ø  Doença do Refluxo Gastroesofágico - DRGE
Ø  Vereadores da Serra ignoram pressão popular e mantêm aumento dos salários
Ø  Neucimar e Max Empatados na disputa por Vila Velha
Ø  Pitbull ataca e mata o próprio dono
Ø  Veja fotos de Aline Riscado, bailarina do Faustão, na 'Playboy'
Ø  Nossas assombrações são melhores
Ø  Candidata a vereadora pelo PTdoB, Mulher Pêra divulga foto com pose inusitada
Ø  Dilma anuncia diminuição de 16,2% no preço da energia para residências e 28% para indústrias
Ø  STF finaliza votação de mais uma etapa do mensalão e condena três réus do Banco Rural
Ø  Pit bull mata dono e come seu corpo
Ø  FHC grava para Serra. Sabotagem?
Ø  Balancê capixaba 06 09 2012
Ø  Estado vai gastar R$ 44 milhões com empresa da máfia dos radares
Ø  Promotor capixaba licenciado ganhou mais no exterior do que colegas trabalhando
Ø  Imagem de Hartung é retirada de propaganda de Casteglione
Ø  Caixa anuncia redução de até 52% nos juros dos cartões
Ø  Facebook libera app Camera para brasileiros
Ø  PSDB avalia que vencerá eleição em seis capitais, inclusive Vitória
Ø  Gildevan nega que Hartung e Magno estiveram juntos em seu palanque
Ø  Gildevan Fernandes que é acusado de irregularidades quer voltar
Ø  Hartung e Magno Malta no mesmo palanque em Pinheiros, Norte do ES
Ø  STF abre sessão com últimos votos sobre gestão fraudulenta
Ø  Estimativa do IBGE para 2012 aponta safra de grãos 2,8% maior que a do ano passado
Ø  Novo corregedor do CNJ promete manter trabalho de Eliana Calmon
Ø  Kassab devia 'enfiar o rabo entre as pernas', diz Russomanno
Ø  PT e PSDB adotam estratégias contra Russomanno
Ø  Eike Batista confirma interesse no SBT, diz site
Ø  Tirando duvidas sobre os mitos da cerveja
Ø  Salário de procuradores do ES terá que ser reduzido
Ø   Tribunal de Contas do ES quer devolução de 200 mil
Ø  Câmara de Kennedy decide cassação de Reginaldo Quinta
Ø  Prefeito de Presidente Kennedy tem o mandato cassado
Ø  Secretários municipais financiam campanhas dos candidatos a prefeito
Ø  Brasil é o segundo maior mercado consumidor de cocaína, diz Unifesp
Ø  Eliana Calmon lamenta deixar CNJ sem concluir processos administrativos contra juízes
Ø  Contratos da SESA com fundação da igreja maranata na mira do tribunal de contas
Ø  Luiz Paulo é campeão em arrecadação com r$ 1,360 milhão
Ø  Redução das tarifas de energia vai estimular produção e queda da inflação, diz Paulo Bernardo
Ø  Por que o Curiosity é tão importante para a ciência?
Ø  Muitas "cotoveladas" no debate dos candidatos a prefeitura de Cariacica 


06/09/12

PSDB avalia que vencerá eleição em seis capitais, inclusive Vitória


O comando nacional do PSDB avalia que o partido vencerá a eleição municipal deste ano em seis capitais. Não tem, esperanças, no entanto, em São Paulo.

A provável ultrapassagem de José Serra (PSDB) pelo petista Fernando Haddad deixou desarvorados os tucanos.

Mas a legenda apresenta até agora o melhor desempenho nas capitais, pois pode conquistar as prefeituras de João Pessoa, Maceió, Manaus, São Luís, Teresina e Vitória.

Esse seria um grande resultado, mas a perda de São Paulo, a joia da coroa, pode pôr em risco a reeleição de Geraldo Alckmin (foto) ao Palácio dos Bandeirantes.

Do ES a cidade de Vila Velha, a mais populosa do estado, também consta da lista tucana. Lá concorre o ex-prefeito Max Filho, ex-PTB.

05/09/12

Secretários municipais financiam campanhas dos candidatos a prefeito

Na lista de doadores para candidatos ainda estão parentes, prefeito, senadora e assessores

A inédita divulgação da lista de doadores durante a campanha eleitoral – até 2010 a publicação só ocorria na prestação de contas final, após a eleição – revelou uma arrecadação inicial dos candidatos a prefeito e vereador no Espírito Santo entre familiares e pessoas físicas em geral, incluindo assessores e secretários.

Entre os candidatos a prefeito da Grande Vitória, a lista de doadores da campanha da deputada Lúcia Dornellas (PT) à Prefeitura de Cariacica é a que mais se destaca pelo número de secretários municipais: sete, além de um ex-secretário e o seu padrinho político e atual prefeito da cidade, Helder Salomão (PT).

Helder doou R$ 3 mil e os secretários fizeram doações variando de R$ 1 mil a R$ 5 mil, somando R$ 22 mil, de acordo com dados da primeira parcial da prestação de contas.

Dos outros candidatos a prefeito de Cariacica, os deputados Marcelo Santos (PMDB) e Sandro Locutor (PV) receberam doações de empresas e Adilson Avelina (PSD) arrecadou de uma empresa e quatro pessoas, entre elas assessores da sua campanha que doaram R$ 1 mil cada.

Dois secretários municipais da Serra também financiaram a campanha à reeleição do prefeito licenciado da cidade Sérgio Vidigal (PDT), com R$ 11 mil. O pedetista ainda recebeu R$ 4 mil do secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Iranilson Casado.

A arrecadação do deputado Audifax Barcelos (PSB) chama a atenção por ter 27 doações estimadas no mesmo valor: R$ 1.741,60, referente à cessão de serviços de propaganda de colaboradores da campanha dele.

Em Vitória, a deputada Iriny Lopes (PT) recebeu R$ 1 mil em doação da senadora Ana Rita Esgário (PT). Já o deputado Luciano Rezende (PPS) tem familiares e colaboradores da campanha na lista de doadores, entre os quais a coordenadora, Lenise Loureiro, que doou R$ 4,5 mil.

Em Vila Velha, os três candidatos que declararam ter recebido doações em agosto – o prefeito Neucimar Fraga (PR), o ex-prefeito Max Filho (PSDB) e o deputado Rodney Miranda (DEM) – receberam a maior parte dos recursos de empresas ou tiraram do bolso.

Amanhã, o Tribunal Superior Eleitoral divulga a segunda parcial da prestação de contas dos candidatos, com a lista de doadores.
Fonte: A Gazeta

04/09/12

Neucimar quer resposta no programa de Max Filho


Insatisfeito com trecho do programa de seu adversário Max Filho (PSDB), o prefeito de Vila Velha e candidato à reeleição, Neucimar Fraga (PR), entrou com nova ação na 57ª Zona Eleitoral do município.

Dessa vez, a equipe jurídica de Neucimar pediu a suspensão do programa de Max, no qual o tucano diz que “22 não vale nada”.

Como o número de urna do prefeito republicano é 22, ele entendeu que houve uma tentativa de
atingi-lo.

Max e a sua coligação serão intimados para se manifestar. Segundo o advogado do tucano, Altamiro
Thadeu Sobreiro, a juíza indeferiu a liminar de Neucimar ontem à noite. “Para me pronunciar sobre o
assunto, prefiro aguardar a notificação da juíza”, disse Altamiro.
Como a análise da magistrada é preliminar, há ainda a possibilidade de a situação se reverter em favor do prefeito.

Se conseguir, Neucimar poderá obter direito de resposta durante o programa do tucano.

04/09/12

BALANCE CAPIXABA 04/09/2012


Leia as matérias na íntegra clicando nos títulos

Ministério Público do ES divulga salários. Maior valor pago foi de R$ 75 mil a procurador
Como parte da Lei de Acesso à Informação, o Ministério Público do Espírito Santo divulgou, no Portal da Transparência, na noite de segunda (03), os nomes dos 1.404 servidores (efetivos e comissionados) e seus respectivos vencimentos. O maior salário é o do procurador de Justiça, Sergio Dario Machado, que recebeu em agosto o total de R$ 75.379,37, incluindo o salário bruto de R$ 30.674,81, mais R$ 1.662,34 em indenizações e R$ 43.042,22 referente a “outras remunerações retroativas/ temporárias”.

O candidato do PRTB à Prefeitura de Vitória, Montalvani Lima, fez novas menções a seus adversários em programas veiculados na televisão e no rádio, ontem. Dessa vez, Montalvani falou que há uma concentração de receitas entre empresas de fora do Estado, as quais vencem as licitações e são contratadas para executar serviços da prefeitura.
Os alvos de Montalvani foram o ex-prefeito Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB), o deputado Luciano Rezende (PPS) e a deputada federal Iriny Lopes (PT).
Segundo o candidato do PRTB, 30% do total de gastos ficam com empresas capixabas.
“Isso vem desde o tempo do Luiz Paulo prefeito, Luciano vereador e dona Iriny, hein, que já era deputada, nunca reclamou desta concentração de renda”, disse o narrador do programa.

Insatisfeito com trecho do programa de seu adversário Max Filho (PSDB), o prefeito de Vila Velha e candidato à reeleição, Neucimar Fraga (PR), entrou com nova ação na 57ª Zona Eleitoral do município. Dessa vez, a equipe jurídica de Neucimar pediu a suspensão do programa de Max, no qual o tucano diz que “22 não vale nada”. Como o número de urna do prefeito republicano é 22, ele entendeu que houve uma tentativa de atingi-lo.
Max e a sua coligação serão intimados para se manifestar. Segundo o advogado do tucano, Altamiro
Thadeu Sobreiro, a juíza indeferiu a liminar de Neucimar ontem à noite. “Para me pronunciar sobre o
assunto, prefiro aguardar a notificação da juíza”, disse Altamiro.
Como a análise da magistrada é preliminar, há ainda a possibilidade de a situação se reverter em favor do prefeito.

Uma dúvida bastante comum entre os eleitores brasileiros é se existe ou não diferença entre votar em branco ou votar nulo nas eleições. Alguns eleitores acreditam que o voto em branco vai para o candidato que está ganhando e o nulo não vai para ninguém.
No entanto, de acordo com a legislação eleitoral, tanto os votos em branco quanto os votos nulos não são considerados válidos, são excluídos de qualquer contagem e não são contabilizados para qualquer candidato.
Os votos em branco são assinalados através de uma tecla específica existente nas urnas eletrônicas. Já o voto nulo acontece quando o eleitor digita um número que não é correspondente a nenhum candidato ou partido oficialmente registrado e confirma a combinação digitada.

Os honorários de R$ 4.953,00 passariam para R$ 7.400,00. 
Dos 10 vereadores de Viana, sete são candidatos a reeleição.
A votação para aprovar o aumento dos próprios salários acabou em bate-boca e troca de acusações entre os vereadores de Viana, município da Grande Vitória, na noite de segunda-feira (3). Durante a sessão, os ânimos se excederam após alguns políticos votarem contra o projeto, indo na contramão do acordo realizado verbalmente entre os vereadores para que a aprovação fosse unânime, segundo confessaram os políticos durante a briga no plenário. Dos 10 vereadores de Viana, sete são candidatos à reeleição.
Moradores compareceram na Câmara Municipal para acompanhar a sessão de votação de um aumento de 40% nos salários dos vereadores, ou seja, os honorários de R$ 4.953,00 passariam para R$ 7.400,00. Faixas demonstrando a insatisfação da população de Viana em relação ao projeto foram colocadas das do lado de fora do prédio.

Candidato a prefeito pretende administrar trechos da BR-101 e ES-010
O deputado federal Audifax Barcelos (PSB), de 48 anos, que concorre pela coligação 'A Serra em primeiro lugar' com os partidos PSB, PP, PT, PTN, PR, PTC, PV, PRP, PSD, PPL e PHS concedeu entrevista a um canal de TV do ES, Durante a entrevista, o candidato propôs municipalizar rodovias estaduais e federais que passam pela cidade, para tentar melhorar as condições do trânsito.
O candidato, que já foi prefeito da cidade, disse que pretende voltar à gestão municipal para investir na área de saúde. "Em um mandato não dá para concluir todas as suas tarefas. Entendemos também que precisamos de mais, a cidade precisa avançar mais, e no nosso entender e acompanhando a população nas ruas, ouvindo a população de uma forma muito direta, é que a saúde é a prioridade. Quero voltar a ser prefeito para concluir as nossas tarefas no campo da saúde", explicou o candidato.

Sistema vai passar por vias beneficiadas pelos corredores exclusivos para ônibus
O governo do Estado anunciou nesta terça-feira (4) que vai criar uma rede de ciclovias para interligar os municípios da Grande Vitória. A rede será desenvolvida dentro do Programa de Mobilidade Metropolitana (PMM) e vai passar pelas vias beneficiadas pelo BRT – o novo sistema de transporte coletivo que contará com corredores exclusivos para ônibus. A expectativa é de que a construção de toda a rede seja concluída junto das obras previstas pelo PMM, em 2016.
Algumas vias de acesso ao BRT também deverão contar com ciclovias. Nos locais onde elas já existem, serão feitas adequações para que atendam ao projeto do PMM. O anúncio foi feito ontem pelo governador Renato Casagrande e pelo secretário estadual de Transportes e Obras Públicas, Fábio Damasceno.

Somente um em cada quatro candidatos a prefeito ou vereador espalhados pelo país recebeu doações para tocar a campanha deste ano. É o que mostra levantamento feito pelo Correio com base na primeira prestação de contas entregue pelos candidatos à Justiça Eleitoral. 
Dos 437 mil candidatos aptos à disputa em 7 de outubro, somente 124 mil (28%) foram contemplados com doações de empresas, pessoas físicas ou dinheiro repassado por padrinhos políticos, partidos e comitês financeiros. O restante dos candidatos, pouco mais de 313 mil, não declarou qualquer receita na primeira parcial de contas para custear despesas com água, alimentação, combustível, comícios, páginas na internet e material gráfico, entre outras.
De acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os 124 mil candidatos receberam R$ 395,2 milhões para as campanhas. Muitos, inclusive, se bancaram.

14/08/12

Rodney Miranda reúne especialista para discutir Programa de Governo


O candidato a prefeito de Vila Velha Rodney Miranda (DEM) promoverá sete oficinas de trabalho, com o objetivo de discutir com especialistas os temas centrais para uma gestão municipal, a partir de um programa de governo pré-elaborado.

“Como morador de Vila Velha, conheço bem os problemas de nosso município. Venho há anos observando a falta de planejamento e ações que não foram bem sucedidas. Quero conversar com mais especialistas, profissionais de diferentes áreas, e encampar sugestões que possam robustecer nosso programa de governo”, afirmou o candidato.

Rodney acredita que para elaborar uma plataforma de governo aplicável, real e que atenda aos anseios dos cidadãos é preciso ouvir profissionais competentes, com experiência técnica em áreas específicas, que podem enriquecer as propostas. “É isso que pretendo alcançar com as oficinas de trabalho”, ressaltou.

Os encontros serão realizados no Hotel Transamérica Passárgada, na Praia da Costa, das 8h30 às 12h30 e de 14h30 às 18h30. No evento serão debatidos os seguintes temas: segurança, desenvolvimento econômico, saúde, educação/cultura/esporte e lazer;  saneamento básico, infraestrutura e mobilidade urbana e gestão da cidade. Para cada tema serão convidados especialistas com experiência na área.

09/08/12

Número de eleitores cresce 7,5% no Espírito Santo em relação a 2008


No Estado, o maior colégio eleitoral é Vila Velha, com 292.948 eleitores e o menor é Divino de São Lourenço, com 4.067 - Espírito Santo tem 8.076 candidatos a prefeito e vereador

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o número oficial de eleitores em todo o país. No Espírito Santo, o eleitorado cresceu 7,5% em relação às eleições de 2008. 
Estão aptos a votar este ano 2.623.944 eleitores, sendo que no último pleito municipal, o eleitorado era de 2.441.069, um crescimento de 182.875 eleitores. 

O eleitorado feminino saiu na frente, com 1.351.546 mulheres aptas a votar no Espírito Santo. Já o masculino é de 1.270.021. Além desses números, 2.377 eleitores não responderam a qual sexo pertencem.
Em todo o Brasil, serão 138.544.348 eleitores que vão às urnas. As eleições acontecem, em primeiro turno, dia 7 de outubro. Esse foi o resultado final do cadastro eleitoral, fechado em 9 de maio deste ano. Nas eleições de 2008, o país tinha 130.604.430.
No Estado, o maior colégio eleitoral é Vila Velha, com 292.948 eleitores e o menor é Divino de São Lourenço, com 4.067. Em segundo lugar, aparece o município de Serra, com 275.577 eleitores aptos a votar.

Em terceiro, a capital do Estado, Vitória tem 255.367. Quarto lugar, Cariacica, com 244.867. 

Esses quatro municípios que integram a Região Metropolitana são os únicos do Espírito Santo onde podem acontecer eleições em segundo turno, marcadas para 28 de outubro, pois possuem mais de 200 mil eleitores. Ainda na Grande Vitória, Viana aparece com 38.803 eleitores.
No interior, o maior colégio eleitoral é Cachoeiro de Itapemirim, sul do Estado, com 130.929 eleitores, seguido de Linhares, região Norte, com 102.714, e Colatina, região Noroeste, com 83.954.

Eleitores acima de 70 anos no Espírito Santo correspondem a 4,4% do eleitorado do Estado e o jovem eleitor, aquele com idade entre 16 e 17 anos, corresponde a 1,5% do eleitorado do Estado.

02/08/12

Max Filho busca colar a sua imagem à de Casagrande


Candidato a prefeito lembrou do isolamento no período do governo Hartung

O ex-prefeito de Vila Velha, Max Filho (PSDB), foi o entrevistado desta quarta-feira (1) na sabatina da rádio CBN Vitória com os candidatos de Vila Velha. A entrevista girou em torno da relação do tucano com o governador Renato Casagrande (PSB) e o ex-governador Paulo Hartung (PMDB).

Transpareceu na entrevista de Max Filho a sua preocupação em colar a sua imagem à do governador Renato Casagrande. Mesmo com o partido do governador no palanque do prefeito Neucimar Fraga (PR), Max mostrou identificação com o projeto do governador, destacando os investimentos de Casagrande no município este ano e no próximo.

As declarações de Max Filho mostram que o ex-prefeito busca superar a imagem de isolamento na qual viveu durante suas gestões à frente da prefeitura do município. 

Eleito como o principal adversário político de Hartung no seu governo, o prefeito lembrou que “fez das tripas coração para administrar a cidade sem investimentos do governo do Estado” .

Diante da reaproximação de Hartung ao ninho tucano, o candidato foi questionado sobre a possibilidade de tê-lo em seu palanque. Max, porém, desconversou, baseando-se na autonomia dos partidos nos municípios. Ele destacou que em Vitória o PMDB está no palanque tucano, o que não acontece em Vila Velha. Fez questão de destacar a importância do deputado estadual Hércules Silveira como liderança política do PMDB no município e saiu pela tangente, dizendo que Hartung vota em Vitória.

Nos meios políticos, porém, já ganha destaque a movimentação de Hartung, com intermédio do presidente do Banco de Desenvolvimento do Estado (Bandes), Guerino Balestrassi, de aproximação do grupo do ex-prefeito. O que ficou aparente na declaração do candidato na entrevista à rádio, ao dizer que já teve Hartung como aliado e como adversário, mas que esses atritos são coisas do passado e que o momento é de pensar no futuro.

Já em relação ao governador Renato Casagrande, Max justificou o episódio do convite e desconvite para que o candidato entrasse no PSB, com o grande número de candidaturas socialistas na disputa deste ano. Como liderava a disputa em Vila Velha, seu nome causaria ainda mais transtornos na base do governo.

Ele afirmou, porém, que a posição do governador Casagrande é diferente, e ele acredita que a promessa de investimentos no município é promissora e não terá relação com a disputa partidária deste ano.

01/08/12

Paulo Hartung se aproxima de Max Filho e ganha trunfo para eleição em Vila Velha


Além da disputa em Vitória, a importância da eleição em Vila Velha está promovendo movimentos que surpreendem o mercado político. Nesse sentido, começa a ganhar força a manobra de aproximação definitiva entre o ex-governador Paulo Hartung (PMDB) e o ex-prefeito do município Max Filho (PSDB). Com essa mudança o peemedebista ficaria com duas frentes na disputa. Além de Max, ele põe força no palanque de Rodney Miranda (DEM).

Essa manobra de aproximação entre os dois nomes que durante grande parte da última década se transformaram nos principais adversários do cenário político capixaba pavimenta o retorno de Hartung ao ninho tucano. O movimento tem como principal interlocutor o presidente do Banco de Desenvolvimento do Estado (Bandes), Guerino Balestrassi (PTB).

Balestrassi ganhou força nos bastidores da eleição como interlocutor de Hartung e sua movimentação no grupo do ex-governador com o PSDB ficou demonstrada no lançamento da candidatura do tucano Luiz Paulo Vellozo Lucas à prefeitura de Vitória, em junho passado, quando o presidente do Bandes fez um discurso de apoio no evento.

Do ponto de vista eleitoral em Vila Velha, a aproximação de Hartung e Max Filho mexe com o cenário, sobretudo, no que se refere ao segundo turno. Isso porque, após o afastamento do peemedebista do grupo do prefeito Neucimar Fraga (PR), o ex-governador ganha dois trunfos na disputa, podendo apoiar tanto o palanque de Rodney, quanto o de Max Filho, caso um deles venha a disputar com Neucimar na segunda etapa.

Caso Rodney e Max se enfrentem no segundo turno, a situação fica ainda mais tranquila para o ex-governador. Além disso, a manobra mostra a preocupação de Hartung com a possibilidade de Max Filho vir a vencer o pleito em Vila Velha.

Como o ex-governador estaria de malas prontas para retornar ao ninho tucano, teria que lidar com o tamanho político que seu adversário conquistaria com a vitória na eleição deste ano, o que poderia prejudicar o projeto político de Hartung para 2014.

Para os meios políticos de Vila Velha, a movimentação pacifica os ânimos dentro do PSDB, mas cria para o candidato tucano um problema com o eleitorado. Max Filho terá que explicar ao eleitor a aproximação com Hartung depois dos desgastes causados pelo embate com o ex-governador, que prejudicou politicamente seu grupo e teve reflexos negativos na administração de Max Filho em Vila Velha em seus dois mandatos de prefeito. Além do esvaziamento político do grupo do prefeito, o embate com Hartung tirou do município recursos durante o governo do peemedebista.

30/07/12
Vila Velha vira celeiro e revela lutadores para o mundo do MMA
Nomes como Erick Silva, Rodrigo Damm, Vitor Vianna, Fábio Defendenti e Giovani Almeida comprovam bom momento do município no esporte
Erick Silva no UFC
Foi-se o tempo em que Vila Velha exportava apenas chocolate. Com a febre do MMA se espalhando pelo país inteiro, a cidade se firma de vez no cenário nacional como um grande celeiro de lutadores. Desde que Anderson Silva virou ídolo brasileiro, os vilavelhenses puderam acompanhar a ascensão de Erick Silva e outros sete lutadores da cidade.

Hoje, espalhados pelo Brasil e pelo mundo, os capixabas querem reconhecimento por meio do esporte. O maior objetivo, além das vitórias no octógono, é trilhar um caminho de sucesso e se tornar referência de superação para os moradores dos bairros onde cresceram, aprenderam a lutar e se tornaram campeões.

Além de Erick Silva, outros novos representantes desse grupo, que desponta no cenário esportivo, é composto pelos lutadores Fábio Defendenti, Vitor Vianna, Giovani Almeida, Rodrigo Damm, Carina Damm e o veterano Gilmar Andrade. Um prato cheio para inspirar os canelas-verde e botar os adversários na lona.

“Realmente, o Espírito Santo se tornou referência mundial, principalmente por causa dos lutadores que saíram de Vila Velha. Estamos bem representados. Começamos praticamente juntos e a galera tem um coração grande, gosta mesmo da luta. Por isso, tem feito sucesso”, acredita o lutador de MMA profissional, Giovanni Almeida, 29 anos.

Rodrigo Damm também está no UFC
Profissionalismo

Para Erick Silva, o profissionalismo que o esporte vem apresentando e o alto nível dos atletas da cidade têm sido os principais motivos para o boom no número de adeptos. “Hoje, os torneios são verdadeiros shows e isso cativa muito o público. As regras também fazem com que as pessoas vejam o MMA como esporte. Antigamente, ligava-se muito o MMA à briga de rua, coisa que não condiz com a realidade”, afirma.

Na opinião de Vitor Vianna, a organição do MMA também favorece o bom, momento que o esporte vive. “Acho que o MMA está mais organizado. Os lutadores são assessorados por grandes equipes. Isso tudo ajuda para o crescimento do esporte”, acredita.
Desafios

Ao mesmo tempo que brilham nos ringues e levam o nome da cidade e do Estado para o mundo, os lutadores precisam enfrentar um desafio de peso: a falta de patrocínio. “Uma dificuldade aqui no Brasil é a falta de apoio do empresariado. Se tivessem mais empresas dispostas a investir no MMA poderíamos ter, ao invés de dez, 200 campeões”, critica Vitor Vianna.

A falta de apoio, infelizmente, também atrapalha que novos talentos nasçam. “Nossa maior dificuldade, sem dúvida, é o patrocínio. As empresas não investem. Quase não fomos para um mundial de jiu-jistu, em São Paulo, há alguns dias. Se não fosse a ajuda dos amigos, a gente não conseguiria hospedagem e passagem. É uma luta diária”, diz Thalia Oliveira, 14 anos, vice-campeã da competição.

Apesar disso, a persistência dos lutadores pode garantir um futuro ainda mais promissor. “Isso é só o começo. O Espírito Santo sempre teve e sempre terá grandes campeões em todos os esportes. Em Vila Velha, temos boas academias, o que acaba virando um incentivo para as pessoas começarem a prática”, prevê Vitor Vianna.

Gilmar Andrade
Gilmar Andrade
A popularização do MMA no Estado não teria alcançado tanto sucesso se não fosse pela atuação do veterano Gilmar Andrade, 42 anos. Ele foi o pioneiro na prática dessa luta em solo capixaba.

Atualmente, Gilmar mora em Ataíde. Desde que chegou à cidade, ainda quando criança, ele já se interessava por artes marciais. “Eu morava em Baixo Guadu quando comecei a treinar. Mudei para Vila Velha com dez anos, quando comecei a praticar kung fu. Segui treinando até os 14 anos, quando consegui minha primeira faixa preta. Desde então, não parei mais”, lembra.

O contato de Gilmar com o que hoje chamamos de MMA aconteceu em 1991, quando ele começou a praticar o vale-tudo. “Até então, conhecia cinco lutas diferentes. Fui para Osasco, em São Paulo, participar do meu primeiro circuito free style (estilo livre de luta). Até então, aqui no Espírito Santo, ninguém conhecia esse tipo de arte marcial”, diz.
Vitor Vianna
Gilmar, então, trouxe a modalidade para solo capixaba. “Aos poucos, fui chamando amigos para lutar em campeonatos amadores. Uma vez, fui na cara do Erick Silva e dei R$ 50 para ele fazer uma luta, em Cobilândia. Além de ter sido o pioneiro, muitos atletas famosos hoje em dia passaram pelo meu treinamento. Sinto orgulho quando olho essa história, que pude dar um empurrão para os novos campeões. Ainda hoje levo uma vida regrada porque sirvo de exemplo para os moradores e futuros talentos”.

Hoje, Gilmar tem mais de 190 títulos reconhecidos no Brasil, incluindo título sul-americano.

PERFIS

Vitor Vianna
O lutador sempre foi incentivado a fazer esportes pelos pais. E já praticou até natação e volei. “Depois, me apaixonei pelo jiu-jitsu e o desafio me levou a competir no MMA”. Sobre ser referência para jovens talentos, ele diz: “É muito bom ver isso. Sempre tento passar minha filosofia de vida e passar a mensagem que o esporte muda a vida das pessoas”. Hoje, Vitor luta no Bellator, o 2º maior evento de MMA do mundo.

Fábio Defendenti
Além de lutador, Fábio também atua em jornada dupla como Guarda Municipal em Vila Velha. Começou a treinar jiu-jitsu aos 13 anos, por influência do tio, e seis meses depois tinha seu primeiro título estadual. Passou para a capoeira, onde também conquistou inúmeras vitórias. Em 2002, foi morar no Canadá, quando conheceu as artes marciais mistas (MMA), e não quis mais saber de outra coisa.

Carina Damm
Irmã do lutador Rodrigo, Carina começou a praticar jiu-jitsu na adolescência, aos 15 anos. Depois, também se interessou pela capoeira. Sua primeira luta profissional ocorreu em 2004, aqui mesmo no Estado, vencendo por finalização. A primeira luta no exterior ocorreu em 2006, no Japão, onde venceu a japonesa Miku Matsumoto. Hoje, passa um tempo treinando nos Estados Unidos.

Rodrigo Damm
O lutador de MMA foi recém-contratado pelo UFC, o maior campeonato do mundo na categoria. De Aribiri, Damm também é conhecido pelo seu engajamento social fora dos ringues. Ele frequenta grupos religiosos e faz palestras motivacionais. O capixaba vive o melhor momento de sua carreira. Ele participou do reality da TV Globo, o “The Ultimate Fighter Brasil”, e da edição 147 do UFC, em junho.

Giovanni Almeida
Ele tem 29 anos e é profissional de MMA. “Comecei aos 8 anos. Meu pai era militar e sempre me incentivou. Aos 12, fui parar no jiu-jitsu”. Ele nasceu e mora no mesmo lugar de sempre: São Torquato. Na carreira, também já praticou luta olímpica. “Hoje, a gente tenta manter um exemplo para os mais novos. Somos atletas e temos que levar a sério. É bom você passar na rua e servir de referência”, diz.

Erick Silva
Começou na luta por meio do jiu-jitsu e logo migrou para o MMA. Cobilândia é seu reduto. Lá, Erick é visto como um herói. “Esse reconhecimento é um gás a mais, tanto que, algumas semanas antes da luta, faço questão de vir passar uns dias e receber esse carinho”. Para ele, o esporte, mesmo a luta, tem o poder de transformar vidas. “Vivemos uma vida regrada. Isso influi em toda nossa vida”, afirma.


29/07/12

Futura divulga resultado de pesquisa eleitoral em Vila Velha, ES

Neucimar Fraga (PR) tem 31,3%, Max Filho (PSDB) está com 29,2%.
Instituto Futura entrevistou 600 moradores na terça-feira (24).

O Instituto Futura divulgou o resultado de uma pesquisa eleitoral no município de Vila Velha, na região Metropolitana do Espírito Santo. O instituto entrevistou 600 moradores na última terça-feira (24) e a margem de erro é de 4,0 pontos percentuais, para mais ou para menos. Na pesquisa estimulada, quando as opções são mostradas aos entrevistados, Neucimar Fraga, do Partido da República (PR), aparece com 31,3%; Max Filho, do Partido Social Democracia Brasileira (PSDB), tem 29,2%; Rodney Miranda, do Democratas (DEM), tem 19,3%; João Batista Babá, do Partido Trabalhista (PT), tem 1,5%; Alan Cláudio Melo, do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), tem 0,5%



Os que responderam votar Nulo, Branco ou em ninguém somam 10,5%. Não sabem, não responderam e indecisos são 7,7%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número ES-00023/2012. A pesquisa completa estará disponível no Jornal A Gazeta deste domingo (29) e no portal G1 a partir das 12h também deste domingo.

Conheça os candidatos em Vila Velha

Alan Claudio Melo de Almeida – PSOL
O candidato do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) não foi localizado pelo G1até às 11h desta terça-feira (10). De acordo com André Pereira, esse candidato registrou a campanha em cima da hora. “É mais um do partido de esquerda querendo aparecer. Totalmente desconhecido no meio político, ao contrário dos seus colegas do PSOL, que já são conhecidos pelo eleitorado”, disse o cientista político.

Alan Claudio Melo de Almeida não declarou seus bens no site do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES). O limite de gastos da campanha é de R$ 200 mil.


João Batista Babá – PT
O cirurgião dentista João Batista Babá, do Partido dos Trabalhadores (PT), tem formação na igreja católica e faz parte do sindicato dos dentistas. Ele já foi vereador em 2008. De acordo com André Pereira, o candidato corria o risco de perder a vaga devido às pressões do PT estadual. “O partido, em Vila Velha, abandonou a linha combativa que teve nos anos 1980 e 1990 em favor de uma política de alianças que o descaracterizou. De forma oportunista, a legenda rompeu com o governo do atual prefeito para se lançar neste pleito. Porém, fez uma avaliação incorreta da reação da sociedade canela verde com relação ao projeto de Plano Diretor Municipal (PDM)”, explicou Pereira.
Babá disse ao G1 que seu partido fez parte da gestão do prefeito, mas ao longo da administração começou a questionar algumas ações. “A prefeitura não cuidava de alguns pontos do PDM que eram indispensáveis e por isso começamos a não concordar com as tomadas de decisões. Rompemos e viemos trabalhando para novos projetos democráticos e sustentáveis”, disse.

O candidato declarou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) que possui bens no total de R$187,260.16, entre casa, apartamento, poupança e veículos automotores. O limite de gastos de campanha é de R$ 3 milhões.

Max Filho – PSDB
O ex-prefeito de Vila Velha também está na disputa. Max Filho, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), é formado em direito, tem mestrado em políticas públicas e é servidor público federal. Max Filho já foi vereador, deputado estadual e prefeito de Vila Velha entre 2001 a 2008.

Para o cientista político, o candidato é o representante de uma linha social-democrata na administração pública. “Ele é lembrado pelas suas administrações, mas seu grupo político vem sofrendo derrotas por conta do enfrentamento contra o esquema de apoios montado pelo ex-governador Paulo Hartung. Max tem proximidade ideológica com Renato Casagrande, mas foi impedido de entrar no PSB no ano anterior. Ele precisa dar uma resposta adequada à acusação de ter 'isolado Vila Velha', o que teria sido resolvido se não tivesse a porta do partido fechada para ele, por conta das reações da base do governador Casagrande”, disse André Pereira.

Em resposta à análise do cientista político, Max Filho disse que mantém normalmente a amizade com o governador Renato Casagrande. “Ele age como magistrado e isso deve ser respeitado. Eu acredito na democracia e na decisão do povo”.

No TRE, consta na declaração de bens de Max Filho dois apartamentos, uma casa, ações de linhas telefônicas e um carro, no valor total de R$ 289.539,45. O limite de gastos de campanha é de R$ 3.500 milhões.

Neucimar Fraga – PR
O atual prefeito de Vila Velha, Neucimar Fraga, do Partido da República (PR), nasceu na Bahia, e, em 1980, ingressou no movimento comunitário. Em 2000, foi eleito vereador de Vila Velha e dois anos depois foi deputado federal, cargo que ocupou por dois mandatos.
André Pereira disse que Neucimar implantou um mandato de linha neoliberal em Vila Velha, ou seja, priorizando os benefícios para empresas e o crescimento urbano das áreas mais privilegiadas. “Ele usa, como todos os prefeitos da cidade, o drama da chuvas. Desenvolveu uma linha de combate à criminalidade com as câmeras 'falantes', é competente no uso da sua imagem e no discurso. Ele está com a máquina na mão, mas teve problemas para manter a unidade da sua coalizão de governo”, analisou.
Já Neucimar alegou que o seu mandato teve investimentos significativos nas áreas mais carentes. "Só na região de Terra Vermelha investimos mais de 300 milhões de reais. Todos os bairros periféricos têm sido urbanizados, com investimento maciço em todas as áreas carentes. A região da Grande Cobilândia, por exemplo, recebeu 100% de urbanização. E com esses investimentos, Vila Velha tem tido uma grande valorização, com o setor da construção civil investindo em todo o município", disse o candidato ao G1.
Ele declarou ao TRE possuir bens que chegam ao valor de R$ 1.245.406,81, entre 3 apartamentos, um terreno, carro e um terreno. O limite de gastos de campanha é de R$ 5 milhões.

Rodney Rocha Miranda – DEM
O licenciado delegado da Polícia Federal e atual deputado estadual Rodney Rocha Miranda, do partido dos Democratas (DEM), também está na disputa pela administração de Vila Velha. Rodney foi secretário estadual de Segurança Pública no Espírito Santo e em Pernambuco. Ele tem graduação em administração, pós-graduado em Carreiras Jurídicas, em Gestão em Segurança Pública.

Para o cientista político, André Pereira, Rodney Miranda seria o 'candidato de Hartung em Vila Velha'. “Se o ex-governador subir em seu palanque, terá um belo trunfo nas mãos. Porém, a princípio, isto não ocorrerá. Não tem muitos recursos de comunicação, contando apenas com a imagem de 'cana dura'. Isto já foi suficiente para ser deputado. Se crescer nas intenções de voto, deverá ser atacado pelos resultados concretos que obteve como secretário de segurança”, disse André.

Rodney declarou ao TRE-ES que possui apartamento, carro e dinheiro em espécie no valor total de R$ 1.054.438,03. O limite de gastos de campanha é de 8 milhões.

28/07/12

Ministério Publico Emite Parecer Favorável ao Pedido de Impugnação e Neucimar Fraga esta fora das Eleições 2012.

Clique na imagem para ampliar

O Ministério Publico acatou o Pedido de Impugnação do registro de candidatura do atual prefeito, e candidato a reeleição Neucimar Fraga (PR). O pedido de impugnação foi protocolado pelo também postulante ao cargo do executivo de Vila Velha, Sr Alan Claudio Melo de Almeida (PSOL), no ultimo dia 13 de julho.
Clique na imagem para ampliar

Argumentação do Pedido de Impugnação

  • a) Segundo a Impugnação, o candidato Neucimar fraga deveria ter se desincompatibilizado do cargo de membro do Conselho de Autoridade Portuária do Porto de Vitória e Barra do Riacho  – CAP – no prazo legal e, como não fez, se tornou inelegível.    
  • b) Juntou, dentre outros documentos comprobatórios, cópia do DOU às folhas 36, de 11 de abril de 2011, onde constam publicadas várias portarias de lavra do Ministro de Estado da Secretaria de Portos da Presidência da República.   

Neucimar ainda tentou reverter à situação a seu favor, e no dia 20/07 o Sr. Rodrigo Campana Tristão advogado do atual prefeito protocolou um requerimento junto ao Juiz da 32ª Zona Eleitoral do Município de Vila Velha contestando os argumentos usados no pedido de impugnação.

Argumentação do pedido de Contestação 
  • a) Falta de capacidade postulatória do impugnante, que agiu sem advogado;
  • b) Sustenta que o cargo não é publico, não tem remuneração e que é desnecessária a exoneração; 
  • c) Alegou também que se afastou do Conselho bem antes do prazo de três meses através do oficio juntado às folhas 77, dirigido ao Presidente do CAP, protocolizado deforma manual na Codesa, e que teria encaminhado pelos correios cópia ao Ministério.

Diante da Contestação apresentada pelo atual prefeito, o Impugnante Sr. Allan Claudio de Almeida protocolou um pedido de Réplica no dia 23 de julho de 2012requerendo as provas das justificativas apresentados como argumentação do Contestante.
  • a) Rebatendo preliminarmente, apresentando cópias de vários casos idênticos; 
  • b) Argumenta que o oficio pedindo o afastamento foi enviado ao presidente da CODESA e não ao presidente do CAP e que somente enviou cópia ao Ministro da Secretaria Especial de Portos sem qualquer requerimento no que tange o seu pedido de exoneração;
  • c) Por fim, informa que em decorrência dos serviços prestados, tal cargo é equiparado a um cargo público conforme a Lei 9.504/97.

Na quinta feira (26/07) o Promotor Eleitoral Dr. Cláudio J. R. Lemos da 32ª Zona Eleitoral, após analisar as argumentações dos pedidos de Impugnação e Contestação chegou ao seguinte veredicto:
Clique na imagem para ampliar

“Assim, temos que o próprio TER-ES entende, assim como o TSE, que o candidato que seja Conselheiro do CAP deve se desincompatibilizar no prazo e formalmente, não bastando o simples afastamento.”
Clique na imagem para ampliar

“A autenticidade do protocolo do pedido de desincompatibilização é questionável.”
Clique na imagem para ampliar
“E se o protocolo fosse válido, teria o condão de aprovar a desincompatibilização do candidato?O Ministério Público também entende que não.”
“Tanto a Lei quanto o regulamento do CAP informam que os membros, após a indicação, são nomeados e exonerados pelo Ministro de Estado da Secretaria de Portos da Presidência da República. Cabe ao Ministro nomear e exonerar.

Emitindo parecer favorável a impugnação da candidatura do atual prefeito Neucimar Fraga.
Clique na imagem para ampliar

26/07/12

Lei que proíbe cobrança por sacolas em Vila Velha é sancionada, no ES


Prefeito Neucimar Fraga sancionou lei que entra em vigor nesta quinta (26/07).
Supermercados cobravam R$ 0,19 por cada sacola.

O prefeito de Vila Velha, Neucimar Fraga, sancionou a lei que proíbe os supermercados da cidade, na região Metropolitana do Espírito Santo, de cobrar pelas sacolas plásticas, na tarde desta quarta-feira (25). A lei obriga os estabelecimentos a comprar sacolas recicláveis e distribuí-las gratuitamente. Segundo a prefeitura do município, a lei será publicada nesta quinta-feira (26) no Diário Oficial e já entra em vigor no mesmo dia. Atualmente, os supermercados cobram 19 centavos pelas sacolas ecologicamente corretas.

A sanção confirma a decisão dos vereadores de Vila Velha que aprovaram a lei no fim da tarde desta terça-feira (24). A cobrança pelas sacolas plásticas em supermercados de Vila Velha começou há 16 dias. Assim como em Vitória, os consumidores precisam usar sacolas retornáveis ou outra embalagem. A proibição da distribuição das embalagens faz parte de um Termo de Cooperação assinado entre o Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) e integrantes da Associação Capixaba de Supermercados (Acaps). Cada sacola é vendida por R$ 0,19 e quem leva a embalagem tem desconto de R$ 0,03 a cada cinco itens da compra.

O prefeito da cidade, Neucimar Fraga, disse que atendeu uma demanda da população. “Eu só vou atender a reivindicação da população que já adquiriu esse direito em supermercados e mercearias há muitos anos, de comprar a mercadoria e levar embalado. Amanhã,a lei já começa a vigorar ”, explicou.
O presidente da Associação Capixaba de Supermercadistas (Acaps), João Carlos Devens, disse que ficou surpreso com o resultado da votação. Informou que vai acionar o Ministério Público e definir o que será feito. Devens também afirmou que não será possível aos estabelecimentos dar conta da demanda pelas sacolas se a lei entrar em vigor imediatamente. "Hoje, compramos apenas 7%. Não vai ter sacola para todo mundo – as indústrias exigem de 30 a 60 dias para entregar o produto", argumentou. Devens também afirmou que vai recorrer assim que a lei for publicada no Diário Oficial.

24/07/12

Neucimar Fraga Ainda Corre Sério Risco de Ficar Fora da Disputa pela Prefeitura de Vila Velha.


Se depender do empenho do também candidato Allan Claudio Mello de Almeida (PSOL), Neucimar Fraga (PR) e seus advogados terão muito trabalho para sustentar o registro de sua candidatura a reeleição para a prefeitura de Vila Velha.

Depois de ter protocolado o pedido de impugnação do registro de candidatura de Neucimar Fraga no ultimo dia 13 de julho de 2012, e ver seu pedido ser contestado por um pedido protocolado no dia 20 de julho de 2012 pelo advogado Rodrigo Campana Tristão que faz a defesa do atual prefeito, o candidato do PSOL Sr. Allan Claudio Mello de Almeida impetrou no dia 23 de julho de 2012 um pedido solicitandoRéplica à Contestação, requerendo as Provas das justificativas apresentados como argumentação do Contestante.

Na Réplica ao Mérito da Contestação o Sr. Allan Claudio Mello de Almeida enaltece a função do advogado, invocando o art. 133 da CF de 1988: “O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão nos limites da Lei”, sabedor que é atividade privativa da advocacia postular em juízo, mas existem exceções, e especificamente nas impugnações eleitorais a atuação do advogado é prescindível conforme o art. 1º, I, do EAOAB pelo STF (ADIn nº 1.127-8)  argumenta da desnecessidade de a representação ser obrigatoriamente postulada por um advogado habilitado. E continua em sua Réplica questionando a resposta do “Impugnado” quando aquele afirma que se desincompatibilizou tempestivamente, apresentando como prova requerimento ofertado ao Senhor Ângelo José de Carvalho Batista, conforme constante no ofício 212/2012/GP:  “Na verdade o Sr. Ângelo Batista foi presidente da CODESA e NUNCA foi presidente do Conselho de Autoridade Portuária e recebido em 11.06.2012 gerando o processo junto à CODESA com nº PF.2112/2012-1.” Disse ele.

Outra justificativa postulada no Mérito da Contestação é o fato de o Sr. Neucimar Fraga ter solicitado seu afastamento da função de Conselheiro Titular, e não sua Exoneração, com o agravante de a solicitação ter sido solicitada à pessoa errada, ou seja, a um “pseudo-presidente” do Conselho, esquecendo que, quem o nomeou foi o Ministro da Secretaria Especial de portos por portaria nº 45 de 11.04.2011, logo, o Sr. Neucimar Fraga não atendeu os trâmites legais, pois não teria sido exonerado por uma portaria Ministerial, e ao Ministro da SEP remete apenas no ofício 213/2012/GP “encaminha cópia” e a este nada requer!  

Entenda o caso

Pedido de Impugnação
No ultimo dia 13, o também postulante ao cargo do executivo de Vila Velha, Sr Alan Claudio Melo de Almeida (PSOL) protocolou um pedido de impugnação de registro de candidatura contra Neucimar Fraga. O pedido foi encaminhado e está sendo apreciado pelo Juiz da 32ª Zona Eleitoral do Município de Vila Velha.

Confira a íntegra AQUI

Pedido de Contestação
O Sr. Rodrigo Campana Tristão, advogado da FTSC – Faria, Tristão & Sueiro de Carvalho que representa o Sr. Neucimar Fraga neste processo, protocolou no dia 20 de julho de 2012 um requerimento junto ao Juiz da 32ª Zona Eleitoral do Município de Vila Velha questionando preliminarmente a falta de capacidade postulatória do requerente, onde, segundo o Dr. Rodrigo “É indispensável que a ação fosse ajuizada através de advogado habilitado, exigindo-se, aqui, fiel cumprindo-se ao disposto no art. 36 do código de processo civil, e ao art. 1º. |, 1ª parte, da Lei 8.906, de 4.7.1994 (Estatuto da Advocacia e da OAB). Trata-se de processo de jurisdição contenciosa, onde se opera coisa julgada, razão de ser da exigência de advogado habilitado representando os partidos ou candidatos.

Confira a íntegra AQUI

15/07/12

Neucimar Fraga fora da disputa pela prefeitura de Vila Velha

Em se confirmando as denuncias que pesam contra o atual prefeito e candidato a reeleição pelo município de Vila Velha Sr. Neucimar Fraga (PR), a possibilidade do protagonismo entre ele e o também candidato Max Filho (PSDB) nas eleições de outubro próximo deverá ser adiado para uma próxima oportunidade.

No ultimo dia 13, o também postulante ao cargo do executivo de Vila Velha, Sr Alan Claudio Melo de Almeida (PSOL) protocolou um pedido de impugnação de registro de candidatura contra Neucimar Fraga. O pedido foi encaminhado e está sendo apreciado pelo Juiz da Zona Eleitoral do Município de Vila Velha.

A motivação do pedido de impugnação está fundamentada no que dispõe a Constituição Federal de 1988 (art. 1º parágrafo único) c/c com o previsto no Código Eleitoral (Lei 4.737/65, artigos 97,§ 3º e 237, §§ 1º e 2º) e na Resolução do TSE n. 23.373 (art40).

A Lei Eleitoral não exige a desincompatibilização com antecedência de seis meses da data do pleito para aqueles que ocupam cargos de prefeito e vereador (1º mandato), porém, o fator determinante e gerador da denuncia do enquadramento legal e a jurisprudência, é o de o Sr Neucimar Fraga ter sido nomeado membro do CAP – Conselho de Autoridade Portuária do porto de Vitória e Barra do Riacho em 11/04/2011 conforme publicado no Diário Oficial da União às fls. 04 da seção 2, e o denunciado não ter promovido o seu afastamento formal do citado conselho, dentro do prazo estipulado pela Lei (seis meses).  

Quanto à legitimidade das provas para noticiar a inelegibilidade do outro candidato, o Sr Alan Claudio Melo de Almeida argumenta não restar dúvidas no que tange ao direito subjetivo de este ter acesso a todos os documentos que integram o pedido administrativo de registro de candidatura (§3º art. 11, Lei 9.504/97). E justifica sua atitude como “cidadão que atua em defesa da lisura do pleito eleitoral, especialmente apontando inelegibilidades” disse.

03/07/12

Babá compara ‘rasteira’ dada em Hércules ao golpe paraguaio contra Fernando Lugo

O candidato do PT a prefeito de Vila Velha, o vereador João Batista Babá, demonstrou no Twitter que está indignado com a decisão do PMDB que barrou a candidatura do deputado estadual Hércules Silveira para apoiar o também deputado Rodney Miranda (DEM), que disputa a eleição a prefeito. Babá comparou a manobra dos peemedebistas contra o amigo doutor ao impeachment que destituiu Fernando Lugo da Presidência do Paraguai. “O golpe dado no Hércules, de tão tosco, lembrou-me o golpe paraguaio contra Lugo. Não se dignaram em chamá-lo para uma reunião. Que política é essa?”, questionou o vereador. 

Mesmo isolado e com poucas possibilidades de alianças, Babá nega que esteja sob pressão do próprio PT para retirar sua candidatura. “Temos chapa completa de vereadores e podemos viabilizar uma coligação com afinidade trabalhista”, postou nesta terça-feira (3), no Twitter. 
Embora o PMDB e PSB estejam, respectivamente, com Rodney e com o prefeito Neucimar Fraga (PR) – que tenta a reeleição -, Babá ainda aposta nos apoios “avulsos” de Hércules Silveira (PMDB) e do ex-prefeito Vasco Alves (PSB).

O presidente do diretório do PT de Vila Velha, Paulo Coutinho, também acredita nos apoios de Hércules e Vasco. Até agora, porém, nem o peemedebista nem o socialista deram qualquer sinal que vão apoiar Babá, o que faz crescer o fantasma do isolamento do PT em Vila Velha. O mesmo que aterrorizou a candidatura do deputado estadual Cláudio Vereza na disputa à prefeitura em 2008, quando também ficou isolado. 
Possibilidades à parte, Coutinho admitiu que, até o momento, nenhum partido está com o PT. “Vamos ter uma reunião ainda nesta terça (3) com as lideranças do PTB e PTdoB. A aliança está praticamente fechada. Só falta mesmo bater o martelo”, afirmou.

Coutinho nega que exista uma pressão interna do PT para a retirada da candidatura de Babá. “o que existe é conversa. Temos conversado sobre possibilidades. Mas não há pressão alguma nesse sentido”, garantiu. 
O presidente do diretório municipal também admitiu que Max Filho o procurou para conversar sobre alianças. Ele lembrou, no entanto, que a orientação nacional do PT impede a aproximação com o PSDB em municípios com mais de 150 mil eleitores. Via SD | José Rabelo 

02/07/12

À espera de uma resposta do PSB, Neucimar ‘segura’ definição do vice


Mesmo após as reuniões partidárias que encerraram o período de convenções no último sábado (30), existe pelo menos duas importantes pendências no cenário eleitoral de Vila Velha: falta o candidato do PR à reeleição, o prefeito Neucimar Fraga, confirmar o nome do seu vice e o deputado estadual Hércules Silveira anunciar (PMDB) qual será o seu destino político após o partido “cassar” a sua pré-candidatura e declarar apoio ao candidato do DEM, deputado estadual Rodney Miranda. 

Quando à primeira dúvida, o que corre em Vila Velha é que o PSB estaria muito próximo de Neucimar. Por parte dos republicanos, a parceria é dada como certa, só faltaria os dois partidos definirem o perfil do vice. As conversas iniciais, que sinalizavam para um número bem maior de postulantes ao cargo de vice, agora vão se afunilando entre dois nomes: Harlen Silva, ex-secretário de Desenvolvimento Econômico de Vila Velha, e Anderson Santos, vice-presidente do diretório municipal do PSB. 

Neucimar, que não esconde sua predileção pelo PSB, estaria mais próximo de Harlen. Mas enquanto o PSB não bater o martelo, o republicano mantém a porta aberta para outros nomes do seu bloco de apoio, que hoje congrega PV, PP, PMN e PSC. O próprio Neucimar, em entrevista a Secúlo Diário, publicada nesse fim de semana (30), destacou que o PR continuará conversando com os partidos. “O PV indicou o professor Júnior Bola; o PP quer a manutenção do Marcos Rodrigues como vice; o PSDC indicou Marco Paladini”. 

Na lista do republicano ainda aparece o nome da ex-deputada estadual Janete de Sá (PMN). Mesmo sob assédio de Rodney Miranda, que também disputava o apoio do PMN, Janete, que é a primeira suplente do candidato do DEM – e ciente que em caso de vitória de Rodney assume a vaga dele na Assembleia -, honrou o pré-acordo que tinha com Neucimar. Pela prova de fidelidade, o republicano, caso a aliança com o PSB encrue, pode compensar a presidente regional do PMN. 

Quanto ao destino reservado para Hércules Silveira, ainda prevalece o mistério. A única certeza é que o deputado ficou muito magoado com a manobra do PMDB que o jogou para escanteio para declarar apoio ao candidato Rodney Miranda, como já sinalizara o presidente regional do PMDB, deputado federal Lelo Coimbra. 

O próprio Neucimar, na mesma entrevista, tecendo comentários em torno da candidatura de Hércules, deu a solução para o PMDB. Logo ele, que derrotou Hércules na última eleição, por uma margem apertada de 10 mil votos. “Eu acho que o PMDB deveria respeitar a vontade do Hércules e deixá-lo ser candidato. Se eu fosse presidente estadual do PMDB, deixaria o Hércules ser candidato. Mesmo que esse não seja o projeto do partido. É um sonho dele. Ele quer ser prefeito. Acho que o partido tem que apoiá-lo”, sugeriu Neucimar. Via SD | Por José Rabelo 

30/06/12

PR lança candidatura de Neucimar Fraga à reeleição e garante apoio do cobiçado PSB de Casagrande


De mãos dadas com o PSB, o prefeito de Vila Velha, Neucimar Fraga (PR), teve o seu nome lançado à reeleição neste sábado (30), na quadra da escola de samba Mocidade Unida da Glória (MUG). Mesmo com a confirmação do apoio do "assediado" partido do governador, legendas menores como PV, PP e PSDC almejam ocupar a cadeira de vice na chapa, vaga que só deve ser definida às vésperas do prazo limite para os registros das candidaturas, 5 de julho.

Usando uma camisa vermelha na convenção, Neucimar comemorou o apoio dos socialistas e atribuiu a confirmação da aliança a uma boa "parceria" entre os governos estadual e municipal, nos últimos quatro anos. "Estamos no rumo certo e o caminho é o de continuar de mãos dadas com o governador. O PSB, com certeza, entra nessa discussão com maior peso, mas vamos construir a figura do vice conversando com cada partido e com cada aliado", disse.

No discurso, o candidato à reeleição preferiu enumerar suas realizações à frente do Executivo Municipal e evitou criticar outros candidatos. "Esse projeto iniciado não pode ser interrompido. Todos já tiveram a oportunidade de fazer pela cidade. Cada um já teve a sua oportunidade, e tiveram oito anos de mandato. Nós viemos aqui pedir a Vila Velha para também termos oito anos de governo", salientou.

Os ataques aos adversários ficaram por conta do senador Magno Malta (PR), que mirou principalmente em Rodney Miranda, candidato do DEM. O republicano lembrou da época em que o democrata respondia pela Secretaria Estadual de Segurança Pública e, segundo ele, teria sido pouco efetivo na meta de reverter os índices de violência. 

Sem constrangimento

O presidente municipal do PSB, Fábio D'Ávila, mudou o discurso e subiu no palanque de Neucimar. Há 20 dias, na convenção do PSDB, que lançou Max Filho ao páreo em Vila Velha, D´Ávila revelou uma predisposição do partido em apoiar o tucano. Na época, ele chegou a provocar Neucimar dizendo que o "bem" venceria o "mal". Mesmo com a mudança de posicionamento, afirma não haver constrangimento.

"Nós temos a prioridade de eleger Audifax Barcellos (PSB) na Serra, então fizemos uma troca. O PSB apoia o PR em Vila Velha e o PR apoia o PSB na Serra. Foi isso que aconteceu. A partir de agora, PSB e PR é um só coração", destacou.

O primeiro secretário do PSB estadual, Paulo Meneguelli, confirmou interferência do governador Renato Casagrande para decisão do apoio ao candidato do PR. "A executiva estadual do PSB tem o maior respeito pelo nosso líder maior.  É lógico que ele participou das conversas e nos ajudou a descobrir o melhor caminho", disse. E completou: "O governador já tem demonstrado apoio a Neucimar pelas obras que estão sendo feitas no município".

PDT

O PDT já confirmou apoio à candidatura de Rodney Miranda (DEM) e, inclusive, tem um nome cotado para vice na chapa. Isso não impediu que o deputado federal Carlos Manato (PDT) manifestasse o apoio a Neucimar Fraga. "Meu partido não está com Neucimar, mas eu estou, desde a eleição passada", frisou.

Licença 

o prefeito de Vila Velha, Neucimar Fraga, candidato à reeleição, não descarta a possibilidade de se licenciar da prefeitura para se dedicar exclusivamente à campanha. Caso a licença se concretize, o município terá que ser administrado pelo poder Judiciário, já que o atual vice-prefeito, Marcos Rodrigues (PP), e o presidente da Câmara Municipal, Ivan Carlini (PR), são candidatos ao Legislativo e não poderiam assumir a cadeira de prefeito, sob a possibilidade de se tornarem inelegíveis.  

26/06/12

Rodney Miranda tenta se viabilizar em Vila Velha com ‘meio’ apoio do PMDB

Na expectativa de se viabilizar como candidato a prefeito de Vila Velha, o deputado estadual Rodney Miranda (DEM) tentou fazer “barulho” nessa segunda-feira (25), durante o lançamento de sua candidatura, que aconteceu na quadra da Mocidade Unidade da Glória (MUG). O ambiente carnavalesco foi escolhido propositalmente para dar um tom mais animado e positivo a uma candidatura morna que é vista com reservas pelo mercado político.

A assessoria do candidato conseguiu atrair mais de mil pessoas para o galpão da MUG. De cima do palco, o apagado Rodney tentava exalar simpatia ao lado do presidente regional do PMDB e candidato a prefeito de Vitória, o deputado federal Lelo Coimbra, e de outras lideranças partidárias. Destaque para Rafael Favatto, do PRB, que já está com os dois pés no palanque de Rodney.

Rodney procurou dar visibilidade à sua boa relação com Lelo. Afinal, ambos foram “batizados” na política por um padrinho comum, o ex-governador Paulo Hartung (PMDB). A presença de Lelo no evento foi a maneira velada de mostrar que Hartung está com Rodney, mas, por enquanto, à distância. Embora sob forte pressão para dar apoio presencial à campanha do afilhado, o ex-governador ainda se mantém recolhido em uma “quarentena” que não tem prazo para terminar.

Lelo fez o seu papel. Rasgou elogios a Rodney, deixando claro que o PMDB pretende marchar com o demista. Nos discursos esfuziantes que costumam dar a tônica neste tipo de evento, Lelo exagerou ao afirmar que o ex-secretário de Segurança “foi um dos bravos companheiros [dele e de Hartung] no combate à violência no Estado”. É notório e os dados estão à disposição de todos para provar que a passagem de Rodney pela Secretaria de Segurança foi pífia. Rodney assumiu o comando da pasta com o Estado na segundo posição no ranking nacional de homicídios e saiu disputando palmo a palmo a primeira posição com Alagoas. Um desempenho sofrível.

Dados estatísticos à parte, Lelo não ainda não contou a Rodney que o partido não conseguiu convencer o seu maior imã de votos em Vila Velha, o deputado estadual Hércules Silveira, a subir no seu palanque. Muito pelo contrário, a cada dia Hércules se mostra mais próximo do candidato do PT, o vereador João Batista Babá.

Hércules, por exemplo, fez questão de comer a feijoada de Babá no último sábado (23) – ocasião do lançamento da candidatura do petista -, mas passou longe de esquentar o pandeiro de Rodney na noite desta segunda (25) na quadra da MUG. Se Hércules não ceder à pressão do partido, o apoio do PMDB pouco acrescentará à candidatura de Rodney.

Já o PDT se disse fechado de corpo e alma com Rodney. O problema é que o partido não tem espaço em Vila Velha e, consequentemente, poderá agregar muito pouco à candidatura do demista.

Das lideranças que “sambavam” na quadra da MUG, a esperança mais promissora de Rodney estava depositada no ex-deputado Rafael Favatto, que parece estar disposto a pôr o PRB à disposição do candidato do DEM. Favatto tem até um capital eleitoral importante em Vila Velha, concentrado em Paul, mas nada também que possa ser determinante para fazer decolar a candidatura de Rodney, que apesar dos 65 mil votos conquistados na última eleição – o deputado estadual mais votado – entra na disputa, mais uma vez, como uma incógnita. Via SD | Por José Rabelo 

25/06/12

Vítima da geopolítica, Babá diz que mecanismo interfere nas eleições


Somente nesse domingo (24), após a feijoada de lançamento de sua candidatura a prefeito de Vila Velha, é que o petista João Batista Babá deve ter tido a certeza de que está de fato na disputa. Em entrevista publicada na edição desse sábado (23) de Século Diário, Babá admitiu que sofreu pressão de setores do partido – do vice-governador Givaldo Vieira e do presidente da sigla, José Roberto Dudé - que tentaram articular a retirada da candidatura própria do PT em nome de uma composição com o PR do atual prefeito Neucimar Fraga. 

“Essa tentativa de fato aconteceu. E não partiu só dos dois [Givaldo e Dudé]. Eu preferi encarar o seguinte: não adiantava ir de porta em porta sensibilizá-los para esse debate que estamos fazendo em Vila Velha. Nós decidimos primeiro convencer o militante do PT de Vila Velha”, sustentou o vereador. Ele disse que a sua candidatura foi legitimada graças ao movimento da militância, que participou do debate e saiu fortalecida desse processo. “Por isso, na hora de votar, ele [o militante] votou à unanimidade. Não havia ninguém com esse delegado de cabresto”, ressalta, referindo-se à sua pré-candidatura.
Embora a confirmação de sua candidatura não deixe de ser uma vitória, Babá afirmou que a geopolítica é uma ameaça à democracia. O candidato do PT disse que mesmo com a desistência do ex-governador Paulo Hartung de concorrer à prefeitura de Vitória, e o consequente fim da geopolítica que ele pretendia instalar a partir de sua candidatura, outras geopolíticas estão colocadas. “Existem outras geopolíticas, digamos, ‘meia-sola’, que vêm sendo engendradas pelo PT, PSB, PR, PMDB”. 

O candidato do PT alerta que a geopolítica não define apenas as alianças, ela também não deixa que o dinheiro da iniciativa privada chegue a determinadas campanha para isolar os candidatos. “Como o financiamento de campanha é privado, não é público, como você vai disputar? É desse jeito que a geopolítica faz sucumbir candidaturas. E é desse jeito que ela interfere na democracia, cerceando a participação. Ela interfere no resultado da eleição. Ao acabar com as possibilidades, ela torna a democracia capenga”, critica.
Babá chama atenção para o movimento dos partidos, porque é um dos candidatos que vêm sofrendo com a geopolítica. Embora o vereador tenha puxado os debates em torno da construção de uma terceira via em Vila Velha, que funcionasse como alternativa às candidaturas de Neucimar Fraga e Max Fillho (PSDB), Babá viu o seu projeto ruir com a intervenção das regionais do PSB e PMDB, que impediram o ex-prefeito Vasco Alves (PSB) e o deputado estadual Hércules Silveira (PMDB) de compor com a frente. “O PMDB não veio, só veio o Hércules. O PMDB já estava entregue dizendo que ia caminhar com o Neucimar. Já no PSB houve falta de unidade. Enquanto o PT vinha unido para a formação da terceira via, o PSB e PMDB não estavam unidos”, queixou-se. 

De concreto, por enquanto, Babá, que não quer o isolamento do PT em Vila Velha nesta eleição – como ocorreu em 2008 quando o deputado estadual Cláudio Vereza disputou e perdeu a prefeitura canela-verde –, garante que conta com o apoio do PTB. Inclusive ele admite que há uma proposta do partido de lançar o nome do ex-jogador de futebol Geovani Silva para vice. via SD

19/06/12

Irredutível em se aproximar de Neucimar, Hércules pode dar apoio ‘clandestino’ a Babá


O deputado estadual Hércules Silveira, que ainda não sabe se será o candidato do PMDB a prefeito de Vila Velha, tem certeza de uma coisa: não sobe de jeito nenhum no palanque do prefeito Neucimar Fraga (PR). De outro lado, o PMDB vem intensificando as conversas com PR e a aliança entre os dois partidos está cada vez mais próxima.

Com o noivado entre PMDB e PR se consolidando, Hércules começa a esboçar apoio, mesmo que “clandestino”, ao bloco puxado pelo vereador João Batista Babá (PT), ressuscitando a proposta que começou a ganhar corpo no início das articulações, quando o grupo queria viabilizar uma terceira via alternativa às candidaturas de Neucimar e Max Filho (PSDB), que devem polarizar a disputa em Vila Velha.

Vasco Alves, do PSB, também dá sinais de que irá engrossar o bloco. Tanto é que Hércules, Babá e Vasco se reuniram nessa segunda-feira (18), na sede municipal do PT, para amadurecer a proposta da frente. Apesar da motivação do grupo, lideranças dos partidos correm em direções opostas.

Além do PMDB, a direção regional do PSB também flerta com o PR de Neucimar. Os socialistas querem negociar o apoio a Neucimar com vistas ao apoio dos republicanos à candidatura do deputado federal Audifax Barcelos (PSB) na disputa à prefeitura da Serra.

Curiosamente, na Serra, se desenha um cenário semelhante ao de Vila Velha. Embora o PR se aproxime do PSB, a principal liderança do partido, o senador Magno Malta, anunciou apoio incondicional ao adversário direto de Audifax, o atual prefeito Sérgio Vidigal (PDT). A exemplo de Malta, Hércules também se rebela à orientação do partido para assumir uma posição pessoal na disputa.

No PT, a situação ainda é de indefinição em Vila Velha. Embora o diretório municipal tenha marcado para o próximo dia 24 o lançamento da candidatura de Babá, o vice-governador Givaldo Vieira e o presidente do partido, José Roberto Dudé, ainda correm por fora apostando suas fichas numa aliança com Neucimar. José Rabelo | Foto capa: Nerter Samora

16/06/12

Vila Velha recebe a II Semana de Arte a partir desta segunda-feira

A cidade será tomada por manifestações de dança, música, teatro, cinema, fotografia e artes plásticas
Vila Velha será tomada por diversas manifestações culturais a partir desta segunda-feira (18). A II Semana Arte Por Toda Parte levará ao público atrações de dança, música, teatro, cinema, fotografia e artes plásticas até a próxima sexta-feira (22). Os eventos têm entrada franca, mas algumas apresentações e oficinas têm vagas limitadas.

As atividades acontecerão simultaneamente no Parque da Prainha, na Igreja do Rosário, no Colégio Marista, na Praça Duque de Caxias, sede da Prefeitura em Itaparica, centro da cidade e no Terminal de Itaparica.
Confira a programação completa:
Segunda-feira (18 de junho):
- Parque da Prainha:
9h às 17h – BuZum (Teatro sobre rodas - ônibus)
- Palco da Prainha:
Apresentação de música e dança das Unidades Municipais de Ensino de Vila Velha – ES (UMEIs / UMEFs).
15h - Banda Musical Marista/ Orquestra Marista de Violões
20h - Apresentação do Quinteto - Hellen Pimentel

- Auditório da Prainha:
10h - Academia Espirito-Santense de Letras e Academia Feminina Espirito-Santense de Letras: Contando histórias e conversando sobre os livros: Mamãe Lua, Papai Sol e Histórias do Solar da Vovó (com Ester Abreu Vieira de Oliveira, Presidente da Academia Feminina Espírito- Santense de Letras, professora e escritora; e Wanda Alckmim, professora, arte-educadora e escritora (para crianças dos anos iniciais do Ensino Fundamental)
11h - Contação de História com Anete Gouveia (para educadores, crianças e pais)
15h - Contação de História com Anete Gouveia (para educadores, crianças e pais)
16h - Trupe Maria Farinha Conta e Canta - Folia de História / Oficina: Bordados Encantados (para educadores e comunidade em geral)
17h - Trupe Maria Farinha Conta e Canta- Folia de História / Oficina: Do Quintal à Sala de Aula (para educadores, bibliotecários e comunidade)
18h - Contação de História com o ator Luís Alberto Lelis Gondims (para todas as pessoas)
19h - Trupe Maria Farinha Conta e Canta - Folia de História / Oficina: Bordados Encantados (para educadores e comunidade em geral)

- Oficinas:
8h30 e 13h30 - Parque da Prainha - Contação de História, Acervo Histórico, Pegue e Monte, Teatro 'Nosso Amiguinho'.
9h - Auditório - Contação de História - Trupe Maria Farinha Conta e Canta - Folia de História / Oficina: Bordados Encantados (para educadores e comunidade em geral)
19h - Novo Milênio - Oficina de Fotografia
Terça-feira (19 de junho)
Parque da Prainha:
9h às 17h – BuZum (Teatro sobre rodas - ônibus)
- Palco da Prainha:
Apresentação de música e dança das Unidades Municipais de Ensino de Vila Velha – ES (UMEIs / UMEFs).
15h - Equipe de Ginástica Rítmica / Dança (Técnica Monika Queiroz)

- Auditório da Prainha:
10h e 19h - Fantoche Infantil 'Barratos' - Regina Mainardi;
9h - Trupe Maria Farinha Conta e Canta - Folia de História / Oficina: Bordados Encantados (para educadores e comunidade em geral)
10h - Academia Espírito Santense de Letras e Academia Feminina Espírito-Santense de Letras: Contando histórias e conversando sobre os livros: Mamãe Lua, Papai Sol e Histórias do Solar da Vovó (com Ester Abreu Vieira de Oliveira, Presidente da Academia Feminina Espíritossantense de Letras, professora e escritora; e Wanda Alckmim, professora, arte-educadora e escritora (para crianças dos anos iniciais do Ensino Fundamental)
11h - Contação de História com Anete Gouveia (para educadores, crianças e pais)
15h - Contação de História com Anete Gouveia (para educadores, crianças e pais)
16h - Trupe Maria Farinha Conta e Canta - Folia de História / Oficina: Bordados Encantados (para educadores e comunidade em geral)
17h - Trupe Maria Farinha Conta e Canta - Folia de História / Oficina: Do Quintal À Sala de Aula (para educadores e comunidade em geral)
18h - Contação de História com o ator Luís Alberto Lelis Gondims
19h - Trupe Maria Farinha Conta e Canta - Folia de História / Oficina: Bordados Encantados (para educadores e comunidade em geral)

- Teatro Marista:
15h - Orquestra de Sopro FAMES
20h - Orquestra Sinfônica FAMES
- Igreja do Rosário:
20h - Coral Artecanto / Coral da Justiça Federal (Hellen Pimentel)
Oficinas:
8h30 e 13h30 - Parque da Prainha - Contação de História, Acervo Histórico, Pegue e Monte, Teatro 'Nosso Amiguinho'.
15h - DVDTECA - 'Arte na Escola'
17h30 e 18h30 - Oficinas de Dança de Salão
19h - Rádio/TV (LOCAL: Faculdade Novo Milênio) Público: Professores/Alunos - 30 participantes
Quarta-feira (20 de junho):
Parque da Prainha:
9h às 17h – BuZum (Teatro sobre rodas - ônibus)
- Palco da Prainha:
Apresentação de música e dança das Unidades Municipais de Ensino de Vila Velha – ES (UMEIs / UMEFs).
15h e 20h – Apresentação de dança da FAFI

- Auditório da Prainha:
8h - Contação de História com o ator Luís Alberto Lelis Gondims (todas as pessoas)
9h - Baú de Literatura com Liliana Martino (para Educadores, crianças e pais)
10h - Academia Espírito-Santense de Letras e Academia Feminina - Wanda Alckmim e Ester Abreu Vieira de Oliveira: Contando histórias e conversando sobre os livros: Mamãe Lua, Papai Sol e Histórias do Solar da Vovó (para crianças dos anos iniciais)
13h30 - Contação de História com o ator Luís Alberto Lelis Gondims
14h30 - Contação de História com Anete Gouveia (para educadores, crianças e pais)
15h30 - Academia Espírito-Santense de Letras e Academia Feminina Espírito-Santense de Letras: Escritoras Neusa Jordem e Silvana Sampaio - Contando histórias e conversando sobre seus livros Infantojuvenis (para crianças e adolescentes)
16h30 - Baú de Literatura com Liliana Martino (para educadores, crianças e pais)
18h30 - Gêneros Literários em sala de aula - Professora Ana Cecília Machado Dias (para professores e gestores da Educação – Ensino Fundamental I e II)
19h - Academia Espírito-Santense de Letras e Academia Feminina – Debate papo: Viagem pela Literatura e História do Espírito Santo com o professor e escritor Francisco Aurélio Ribeiro e professora e escritora Karina Rezende Fleury (para alunos jovens e adultos, educadores e comunidade em geral)

- Teatro Marista:
14h - Festival de Dança das Unidades Municipais de Ensino de Vila Velha - ES (UMEIs / UMEFs).
- Igreja do Rosário:
20h - Coral Curso de Formação Musical (CFM) - FAMES
Oficinas:
8h30 e 13h30 - Parque da Prainha - Contação de História, Acervo Histórico, Pegue e Monte, Teatro 'Nosso Amiguinho'
19h - Audiovisual (LOCAL: Faculdade Novo Milênio) Público: Professores/alunos – 30 participantes
Quinta-feira (21 de junho):

Palco da Prainha:
Apresentação de música e dança das Unidades Municipais de Ensino de Vila Velha - ES (UMEIs / UMEFs).
- Auditório da Prainha:
15h - Palestra sobre ensino da Arte - Polo 'Arte na Escola' - UFES.
- Arte como conhecimento
- Herança moderna
- A imagem
17h30 e 18h30 - Oficinas de Dança de Salão
19h30 - Academia Espírito-Santense de Letras e Academia Feminina - Confraria dos Bardos - Sarau de Poesia (para a comunidade)
- Teatro Marista:
14h - Apresentação de Teatro das Unidades Municipais de Ensino de Vila Velha - ES (UMEIs / UMEFs).
20h - Coral Jovem FAMES - Regente Hellem Pimentel
- Igreja do Rosário:
19h – Coral Maria Penedo – Regente Heraldo
- Oficinas:
8h30 e 13h30 - Parque da Prainha - Contação de História, Acervo Histórico, Pegue e Monte, Teatro 'Nosso Amiguinho'.
9h e 19h - DVDTECA arte na escola: Material enviado pelo MEC para as UMEFs - 30 professores de Arte
Sexta-feira (22 de junho):

Palco da Prainha:
15h - Encontro de Bandas Marciais das UMEFS
Apresentação de música e dança das Unidades Municipais de Ensino de Vila Velha - ES (UMEIs / UMEFs).
- Auditório da Prainha:
Palestras para os alunos das Unidades Municipais de Ensino de Vila Velha - ES (UMEIs /UMEFs).
9h - Musicanto: Música por todo o canto com a professora Sara Rangel
15h30 - Espaço de Leitura - Academia Espírito-Santense de Letras e Academia Feminina - Professora e escritora Silvana Sampaio / Lançamento do livro: Lendas Capixabas em Versos (para educadores, pais, crianças e adolescentes)
16h30 - 'Música por todo canto' - professora Sara Rangel (para alunos, educadores e comunidade)
19h30 - Academia Espírito-Santense de Letras e Academia Feminina e Academia de Letras Humberto de Campos (VV) - Sarau poético com declamadoras das duas Academias organizado pela professora, escritora, trovadora e poeta Valsema Rodrigues da Costa junto com a cantora, compositora, poeta/escritora, advogada Andra Valadares (para comunidade)

- Teatro Marista:
15h - Festival de Dança das Unidades Municipais de Ensino de Vila Velha - ES (UMEIs / UMEFs).
- Igreja do Rosário:
20h - Coro de Câmara de Vitória

29/06/12

Neucimar admite que eleição em Vila Velha será decidida em dois turnos


O atual prefeito e candidato à reeleição à prefeitura de Vila Velha, Neucimar Fraga (PR), disse que decidiu concorrer porque ainda não concluiu todos os projetos que planejou para a cidade. “Ainda há muito a ser feito”. Ele disse também que entrou na disputa porque não quer que “Vila Velha retroceda”. 

Na entrevista que concedeu a Século Diário na última segunda-feira (25), que vai ao ar neste sábado (30), Neucimar, inicialmente, evitou rivalizar com os demais candidatos – Max Filho (PSDB), João Batista Babá (PT), Rodney Miranda (DEM) e (provavelmente) Hércules Silveira (PMDB). Quando perguntado sobre qual seria o seu principal adversário, foi lacônico: “Meus maiores adversários são o tempo e o passado da cidade”, desconversou.

Diante da insistência dos interlocutores, porém, Neucimar, com certo tom de ironia, provocou seus adversários e “avaliou” cada um deles. “Nós vamos para as eleições com os números. Acho que cada candidato terá oportunidade de mostrar o que já fez na vida pública e quais os resultados que eles deram nas pastas em que atuaram. O ex-prefeito [Max Filho], por exemplo, terá oportunidade de dizer o que fez quando esteve prefeito; o Babá vai ter oportunidade de dizer o que o PT fez quando governou a cidade de Vila Velha [mandato tampão de Magno Pires (PT), que ficou à frente da prefeitura por apenas um ano, 1988 a 1989]; o deputado Hércules vai ter oportunidade de dizer o que ele fez pela saúde, como médico, como vereador. Quanto de recurso ele já colocou para construir clínicas hospitalares em Vila Velha, quantas unidades de saúde ele ajudou a construir na cidade; o Rodney terá oportunidade de mostrar os indicadores da violência na época em que ele foi secretário de Segurança do Espírito Santo. Ele terá que dizer em quantos por cento ele conseguiu reduzir os índices de homicídios, os furtos, roubos, assaltos durante a gestão dele”. 

Mesmo após as críticas, Neucimar disse que nunca considerou os outros candidatos adversários. Ele afirmou que Max Filho, Babá e Hércules é que fazem oposição ferrenha ao seu governo. “Eles nunca falaram bem de mim, nunca me elogiaram, só fizeram críticas”, queixou-se Neucimar.

O tom da entrevista de Neucimar mostrou que a disputa em Vila Velha vai ser acirrada e tensa. Rodney, que ainda é uma incógnita na disputa, corre por fora. No cenário político que se desenha para o município canela-verde ainda paira a dúvida sobre a candidatura de Hércules Silveira, principal opositor do governo de Neucimar, que deve confirmar seu nome na noite desta sexta-feira (29) no Clube Arci, no Ibis. Só não sabe se ele vem sozinho ou com o PMDB em peso. 

Mostrando confiança no seu taco, Neucimar, pasmem, disse que é até bom que Hércules venha para a disputa. Via SD | José Rabelo 

22/03/12

Babá busca fortalecimento político nos movimentos sociais de Vila Velha

Foto capa: Nerter Samora
Renata Oliveira do Século Diário

O vereador João Batista Babá (PT) ainda tenta reunir forças políticas de Vila Velha para construir sua candidatura a prefeito, mas vem encontrando dificuldades de retomar os debates da chamada terceira via. O discurso do petista, porém, encontra eco nos movimentos organizados do município, o que pode fortalecer suas articulações no campo político.
A questão ambiental em Vila Velha ganhou força com as discussões sobre o novo PDM da cidade. Babá, nesta questão, conseguiu reforçar sua atuação nos movimentos sociais. Com a vitória dos movimentos, conseguindo barrar o PDM, a tendência é de que esse movimento cresça e influa no processo eleitoral.
Para os meios políticos, o movimento de Babá faz parte de uma ação integrada com a candidatura do socialista Audifax Barcelos (PSB), no município da Serra. Ambos vêm construindo um discurso voltado para um grave problema que atinge a Grande Vitória: a poluição.
Ao tomar esse discurso, Babá, que nas últimas pesquisas eleitorais não aparece em uma posição competitiva, pode mobilizar as forças políticas e colocar o assunto na mesa de negociação. Até porque a discussão sobre a poluição coloca em debate outras questões, como as graves consequências para a saúde.
O tema trará para seu palanque em Vila Velha o economista Guilherme Lacerda (PT), primeiro nome cogitado pelo PT do município como candidato, mas que abriu mão da disputa para assumir um cargo no governo federal. Essa bandeira abre caminho para que, se Babá não tiver êxito na eleição deste ano, construir um caminho para o partido em 2016.
Além disso, ao interligar os discursos na Serra e em Vila Velha, forçará o município de Vitória a também entrar no debate ambiental. Tema que jamais foi tratado nas eleições da Capital, um dos mais atingidos pelo problema na Grande Vitória.

20/03/12

Vila Velha exige que empresa se livre de pó preto

Planet Sea teve licença cassada e não pode atuar; material sujava casas havia meses  

Por Rosana Figueiredorfigueiredo@redegazeta.com.br

O pó preto que há meses incomoda moradores dos bairros Novo México e Jardim Asteca, em Vila Velha, está com os dias contados. A prefeitura cassou a licença ambiental da empresa Planet Sea, operadora portuária e logística que vende um produto chamado coque verde de petróleo, e determinou o encerramento das atividades dela.

A decisão veio após reclamações de comunidades próximas à empresa, localizada às margens da Rodovia Darly Santos. Os moradores alegam que o pó preto – derivado de petróleo utilizado na siderurgia – suja casas e quintais.

A Planet Sea possuía licença para operar no município desde agosto de 2011, mas, em fevereiro deste ano, a prefeitura proibiu seu funcionamento. Além dos transtornos causados à comunidade, a empresa não cumpriu todas as exigências da prefeitura, como a construção de uma cerca viva.
foto: Bernardo Coutinho
ES - Vila Velha - Montanha de pó de carvão que a empresa Planet Sea lança em vários bairros de Vila Velha - Editoria: Cidades - Foto: Bernardo Coutinho
Claudio Mota diz que sujeira na região é constante devido à montanha de pó

Retirada
Após cassar a licença da Planet Sea, o município exigiu um plano de ação para retirada do coque em até 30 dias. A empresa solicitou um prazo maior, de seis meses, que está sendo analisado pela prefeitura.

Enquanto isso, a Planet Sea fica impedida de continuar operando. Apenas a retirada do material do pátio está liberada.

Após ter a licença cassada, a Planet Sea recorreu à Justiça, mas o pedido foi negado pelo juiz Carlos Magno Moulin Lima, da Vara da Fazenda Pública de Vila Velha. Em despacho, o juiz justifica que "a suspensão da licença ambiental é a medida mais adequada diante do dano que a continuidade da operação poderia causar ao meio ambiente e aos munícipes".

Para o taxista Claudio Tavares Mota, 52 anos, morador do bairro Jardim Asteca, em Vila Velha, o licenciamento à Planeta Sea foi um erro. "Aquilo não poderia ter sido permitido, pois a empresa está localizada em área residencial, causando problemas a moradores de, pelo menos, sete bairros", opina.


foto: Bernardo Coutinho
ES - Vila Velha - Montanha de pó de carvão que a empresa Planet Sea lança em vários bairros de Vila Velha - Editoria: Cidades - Foto: Bernardo Coutinho
Firma pode voltar a pedir licença 
Apesar da cassação, a Planet Sea pode solicitar ao município outra licença ambiental, desde que seja para atuar em outro local que não fique em área residencial. O Tribunal de Justiça também informou que a empresa pode recorrer da decisão, inclusive até o Supremo Tribunal Federal (STF).

A Planet Sea informou que vem adotando as providências administrativas e legais cabíveis a fim de restabelecer seus direitos em virtude de eventuais interpretações equivocadas sobre suas operações.

A empresa revelou que não há motivação de natureza técnica no ato administrativo de suspensão de sua licença, uma vez que "todas as condicionantes estabelecidas pelo poder público municipal estão sendo cumpridas, inexistindo qualquer risco de dano ao meio ambiente ou à saúde pública", destaca. Mesmo assim, a firma garantiu que adotará novo procedimento operacional.

 Via Gazeta OnLine


18/01/12

Candidatos em Vila Velha querem Hartung na disputa contra Max Filho

Por Renata Oliveira
Via S D


Vila Velha - ES
Neste momento de rearranjo dos partidos e lideranças rumo à eleição de outubro próximo, os nomes colocados para a disputa em Vila Velha vêm buscando reforço com o ex-governador Paulo Hartung, exceto o ex-prefeito Max Filho (PSDB), que não se alinha com o projeto político de Hartung.

A ideia no mercado político é de que se o ex-governador vai trabalhar pelas candidaturas dos aliados na Grande Vitória para garantir uma base forte de apoio em seu projeto de retorno ao governo em 2014. Certamente Vila Velha será um dos colégios mais visados por ele. Mas o apoio de Hartung deve ficar mesmo no campo das articulações.

Max Filho vem se apresentando como um forte candidato à disputa  pela prefeitura. O prefeito Neucimar Fraga (PR) recebeu apoio de Hartung em seu primeiro mandato. Eles devem rivalizar a disputa. Tentando costurar uma terceira via, o nome do deputado Hercules Silveira (PMDB) pode fortalecer o grupo.

Hercules também já conversou com Hartung sobre o assunto e deve voltar a discuti-lo com ele quando o ex-governador retornar de viagem. A força da terceira via estaria justamente nas animosidades entre o deputado e o prefeito.

Outro do grupo de Hercules que também já teria se encontrado com Hartung é o ex-deputado estadual Rafael Favatto (PRB), que igualmente pode encabeçar a chapa da terceira via, embora Hercules tenha mais capilaridade que ele.

Rodney Miranda (DEM) é aliado de primeira linha de Hartung, mas não teria condições de encabeçar uma chapa. Ele vem conversando tanto com o grupo de Hercules quanto com o grupo de Neucimar e pode reforçar a candidatura do prefeito à reeleição, compondo a chapa como vice.

(Meu e-mail clicar sobre meu nome)  

Sobre o Blog

Este é um blog de ideias e notícias. Mas também de literatura, música, cinema, HQ, humor, viagens, boas histórias, bons personagens, boa comida e alguma memória. Este e um canal democrático e apartidário. Não se fundamenta em viés políticos, sejam direcionados para a Esquerda, Centro ou Direita.

Os conteúdos dos textos aqui publicados são de responsabilidade de seus autores, e nem sempre traduzem com fidelidade a forma como o autor do blog interpreta aquele tema.

Dag Vulpi

BLOG MIN

BLOG MIN
Porque todos temos uma opinião, seja construtiva, destrutiva, cientifica, acéfala, perversa, parva, demolidora ou simplesmente uma opinião...

Mensagem do Autor

Marcadores

11 de Setembro 12/12/2013 Acidente Aecio Neves Agricultura Alcoolismo Alimento ALMIR NERES ANALFABETO POLÍTICO ANVISA Apontamento de Antenas Aposentadoria Armas Químicas ARTIGO artrose Assuntos Gerais AUDITORIA Autismo Auxilio Reclusão avaliação cognitiva AZAMERICA Aécio Bacalhau BALANCE BALANCE CAPIXABA Banda Larga Barroso BBOM Bizarro Black Bloc Blog Dag Vulpi Bobbio BOLETIM DAG VULPI Bulling burocracia cachaça cancer Capitalismo Carlos Lamarca Charles Chandler China Chocolate CIDADANIA Cidade. ciencia Cirurgia de Hérnia de Hiato CIÊNCIA Clipping Cobra Comportamento COMPROTAMENTO Comunicação comunismo Conhecimento CONSTITUIÇÃO Contos COOPERATIVISMO COPA 2014 Copa do Mundo COPOM Coreia do Norte CORRUPÇÃO CPI DA PETROBRÁS CPI DO METRÔ CRACOLÂNDIA Crime Cibertnético criminalidade CRÔNICA Cuba CULTURA CURIOSIDADES curiosit CURIÓ Dag Debate no facebook decoder DECRETO PRESIDENCIAL Democracia Democracia Direta Demostenes DENGUE Dependentes Desemprego Desvios de verbas Diabetes DICAS Dicas & Direito Dicas interessantes DILMA Direito Direitos DIREITOS HUMANOS DITADURA Ditos populares DOCUMENTO DITADURA DRGE Drogas ECONOMIA ECONOMIA INTERNACIONAL EDIR MACEDO Eduardo Campos Educação Eficácia Eleições ELEIÇÕES 2014 Energia Nuclear Escola Esfiha esofagite de refluxo ESPORTE Esteatose Hepática Esteroides Anabolizantes Esôfago de Barrett Facebook Família Vulpi Feliciano FGTS FHC FLAMENGO Fonte de pesquisa Fundap Futebol Fábula Geral Gilbereto faria Lima GILDEVAN GILMAR MENDES Gorgonzola Gripen Guantánamo Guerra hiato História Homossexualidade hérnia de hiato IMPEACHMENT Imprensa Inflação INSS INTERNACIONAL INVESTIMENTO Irã Joaquim Barbosa Joaquim Barbosa. Mensalão José Serra Juros JUSTIÇA kit carona Laicidade Lampião Leasing Lei Lei Antidrogas Lei da Anistia Lei da Ficha Limpa Lei Seca Lelo Lewandowski LIVRO Lixo nuclear Lula Machado de Assis Maconha Mais Médicos Mal de Parkinson Malafaia Manifestos Populares Maracanã Maranata Marcos Rebello Marina Marina Silva Marketing Multinível Medicamentos MEDICINA MEIO AMBIENTE MENSALÃO MENSALÃO DO PSDB mercado MG Moral Movimento Social Mujica Mulher Nua Mídia Nacional NATUREZA Nazismo NIÓBIO NOTICIA DAG VULPI OAB Operação Porto Seguro OPINIÃO OPOSIÇÃO orgasmo OS QUATRO TEMPERAMENTOS padre José Eduardo Augusti Papa PARADIGMAS Pastor PEC 37 Pedofilia Pensamento Pesquisa e Inovação Petrobras Petróleo Pitbull Planos de Saúde Planos econômicos PMDB POESIA POLITICA POLITICA CAPIXABA POLITICA INTERNACIONAL POLÍTICA POLÍTICA e GOVERNO POLÍTICA NACIONAL Portugal Preconceito PREFEITOS Presidios Brasileiros Privataria propinoduto PROTESTOS Pré-História. Ciência PSB PSDB PSICOLOGIA PT. QUADRINHOS Racismo Reacionarios RECEITAS RECOVERY Rede Globo REFLUXO Refluxo Gastroesofágico Reforma Política RELIGIÃO Risco ambiental ROBERTO CARLOS Roberto Jefferson Romário Rosbife Royalties Rubens Alves RUI MARTINS réptil pré-histórico S922 HD Salmão SAÚDE SEGURANÇA SEGURANÇA NACIONAL SEU DIREITO Sexo SOCIAL socialismo socie SOCIEDADE SORRIA CONSULTORIO STF SUS Tatuagens TECNOLOGIA Telexfree TEMPERAMENTO Tempestade Teocracia TICO TICO TOC TPAS TPs Trabalho TRAGÉDIA Transform man Transporte UFC Urna Eletrônica Uruguai Usinas Nucleares VARIEDADES VEREADORES Viana Vila Velha Vinho Violencia Vladimir Herzog VOTO FACULTATIVO vídeo ditadura zico Zé Dirceu Álimentos Ética

ALIMENTE OS PEIXINHOS, CLIQUE COM O MOUSE!