quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Brasil precisa continuar trilhando caminho da democracia, diz Dilma


Ao participar hoje (9) da cerimônia de entrega da Ordem do Mérito Cultural a diversas personalidades e instituições, no Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff disse ao discursar que o país passa por um momento “especial”. “Nós, brasileiras e brasileiros, vivemos sem dúvida um momento especial. Estamos diante da tarefa de continuar trilhando o caminho da democracia, da tolerância, do respeito às diferenças, da convivência democrática e solidária”, afirmou.

A Ordem do Mérito Cultural é entregue anualmente a pessoas e entidades que contribuíram para o desenvolvimento da identidade cultural do país em segmentos como música, audiovisual, moda, artes plásticas, literatura, gastronomia, culturas populares e tradicionais.

Este ano, na 21ª edição do evento, foram agraciados, dentre outros, os músicos Arnaldo Antunes, Daniela Mercury, Rolando Boldrin e Marcelo Yuka, o cineasta Walter Carvalho, o maestro Adylson Godoy, o escritor Rui Mourão, o fotógrafo Luís Humberto e o mestre de capoeira João Grande.

De acordo com a presidenta, todos os homenageados merecem “o nosso aplauso e nosso agradecimento”. “Falam com a alma e fazem a alma da nossa nacionalidade. São todos à sua maneira, cada um, tradutores dos símbolos, sentidos, crenças, necessidades utopias, defeitos e características do povo brasileiro. Vocês representam melhor nossa tradição e nossa vanguarda”, disse.

Representante da Articulação dos Povos Indígenas, a índia Sônia Guajajara, que tem atuado em Brasília de mobilizações em favor dos direitos dos índios, e a Mãe Beth de Oxum, pelo trabalho de valorização das matrizes africanas, também foram homenageadas.

Apoio a Dilma
Ao discursar durante a cerimônia, o homenageado especial da Ordem do Mérito Cultural, Augusto de Campos, prestou o que chamou de “gesto cívico” à presidenta, que enfrenta pedidos de impeachment protocolados no Congresso Nacional.

Augusto de Campos elogiou Dilma, dizendo que sempre a viu como “heroína na luta pela democracia nos abomináveis tempos da ditadura”. Em uma fala aplaudida pelos presentes, o artista disse que a vê “neste momento resistir com a mesma firmeza e coragem àqueles que tensionam ingloriamente mal ferir a integralidade das nossas instituições democráticas”.

Cortes para a Cultura
O ministro da Cultura, Juca Ferreira, em entrevista a jornalistas antes do evento, disse que o ministério tem conseguido prestar os serviços mesmo com a redução do Orçamento. 


Juca Ferreira informou que se reuniu com Dilma para discutir o assunto, mas que continua em negociação com o objetivo de, caso haja contingenciamento no próximo ano, ser o mínimo possível.

“Temos deficiências, é evidente. Estamos em processo de construção, e o corte pode nos fazer retroceder a situações que nós já ultrapassamos no ministério”, afirmou. 

Duante a cerimônia, o cantor e compositor Caetano Veloso fez um show em que cantou sucessos do seu repertório, como Tropicália e Alegria, Alegria.

Um comentário:

Sua visita foi muito importante. Faça um comentário que terei prazaer em responde-lo!

Abração

Dag Vulpi

Seja Bem-Vindo

Sobre o Blog

Este é um blog de ideias e notícias. Mas também de literatura, música, humor, boas histórias, bons personagens, boa comida e alguma memória. Este e um canal democrático e apartidário. Não se fundamenta em viés políticos, sejam direcionados para a Esquerda, Centro ou Direita.

Os conteúdos dos textos aqui publicados são de responsabilidade de seus autores, e nem sempre traduzem com fidelidade a forma como o autor do blog interpreta aquele tema.

Dag Vulpi

Paulo Freire

Paulo Freire
Para analisar

BLOG MIN

BLOG MIN
Porque todos temos uma opinião, seja construtiva, destrutiva, cientifica, acéfala, perversa, parva, demolidora ou simplesmente uma opinião...

Mensagem do Autor

Ocorreu um erro neste gadget

Seguir No Facebook